Redes Sociais

Header Ads

Britânicos fazem homenagem aos profissionais de saúde

 O primeiro-ministro britânico Boris Johnson fez minuto de silêncio pelas vítimas da Covid.  —  Foto/Divulgação Edu Andrade / Estadão Conteúdo.


O ministro da Saúde Nelson Teich viajou para Manaus, no Amazonas.
Fonte:  Com informações da Agência EFE  —  Publicado no CN - Conexão Notícia em 04.maio.2020.

Reino Unido fez minuto de silêncio pelos trabalhadores que morreram na linha de frente da pandemia.

O Reino Unido homenageou nesta terça-feira (28), com um minuto de silêncio, todos os profissionais da saúde e trabalhadores de serviços essenciais que morreram no país por Covid-19.

Na residência oficial de 10 Downing Street, nos hospitais, supermercados ou na rua, às 11h (horário local, 7h de Brasília), os cidadãos silenciosamente realizaram a homenagem, seguida de muitos aplausos.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson, que voltou ao trabalho ontem após se recuperar do novo coronavírus, liderou a homenagem, assim como a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, em sua residência, em Edimburgo.

Veja também:
Veja os cantores gospel que farão live no mês de maio 
A realidade dos Agentes de saúde que lutam para garantir os seus direitos fundamentais
O ator Flávio Migliaccio, de 85 anos, foi encontrado morto em seu sítio
Compositor Aldir Blanc morre de Covid-19 aos 73 anos no RJ
Covid: Curados que testaram positivo não se reinfectaram
Com casos em queda, NY fechará hospital de campanha construídos por cristãos
O ministro da Saúde Nelson Teich viajou para Manaus, no Amazonas
Saiba quanto cada município vai receber para o combate ao Coronavírus

Coronavírus: Agentes Comunitários de Saúde participam de barreira sanitária

Mais de 100 profissionais de saúde ou aqueles que realizam tarefas essenciais, como motoristas de ônibus ou funcionários de supermercados, perderam a vida após serem infectados pelo vírus.

O número diário de mortes por Covid-19 nos hospitais britânicos caiu para 360 ontem, abaixo dos 413 registrados de domingo e 813 do sábado, segundo dados oficiais.

No total, 21.092 pacientes hospitalizados no Reino Unido morreram com a doença desde o início da pandemia, enquanto o número de casos confirmados no último dia subiu para 4.031, depois de realizar 37.022 testes nesse período.



Postar um comentário

0 Comentários