Header Ads

*PREVENÇÃO: Agentes comunitários de saúde continuam visitando residências rondonenses

Agentes Comunitários de Saúde realizando o trabalho de prevenção —  Foto/Reprodução.

PREVENÇÃO: Agentes comunitários de saúde continuam visitando residências rondonenses
Fonte:  Portal Preto no Branco —  Publicado no JASB em 29.abr.2020.

A ação visa promover uma reestruturação na forma pela qual que o governo federal distribui os recursos na área da saúde para os municípios

Suspensa as metas de produção do e-SUS pelo prazo de 120 dias
Painel de Monitoramento de Infecção de ACS/ACE 

Por conta da situação da pandemia do coronavírus, foi estendido até junho, o programa Previne Brasil. A ação visa promover uma reestruturação na forma pela qual que o governo federal distribui os recursos na área da saúde para os municípios. “Por conta disso, pede-se para que os munícipes recebam sem medo os agentes comunitários de saúde, pois eles estarão uniformizados e com crachás de identificação, além de usarem máscaras”, explica a secretária de Saúde, Marciane Specht.

O novo modelo, segundo o governo, aportará mais recursos para os municípios que melhorarem a saúde dos brasileiros. Antes, a distribuição dos valores era feita com base na quantidade de pessoas residentes e de serviços existentes em cada município, sem considerar o atendimento efetivamente prestado. 

As mudanças no repasse de recursos serão progressivas. Será necessário um cadastramento de todas as residências do município. Este passará a ser cobrado pelo governo federal a partir de maio. Já o pagamento vinculado ao monitoramento de indicadores será feito a cada 4 meses, a partir de setembro de 2020. tttttt



 E QUEM NÃO USA O SUS?

Até mesmo quem não usa o SUS, precisa se cadastrar. Recursos do Sistema Único de Saúde não são somente utilizados em consultas e outros procedimentos médicos, mas sim também em outros setores importantes que beneficiam toda a comunidade de forma direta ou indireta, como no controle da água que se bebe, no controle dos alimentos oferecidos pelos estabelecimentos comerciais, as mais diversas vacinas, controle e tratamentos do doenças, entre outros. “Todos de uma forma ou outra utilizam os serviços do SUS. Por isso todos devem se cadastrar. Aguardem, pois um agente de saúde fará uma visita à sua casa”, enfatiza a secretária.

Os dados coletados na ficha denominada de Cadastro Individual da Atenção Básica, incluem informações pessoais, escolaridade, profissão, condições de saúde, entre outros. Caso a pessoa não colaborar no questionário, deverá assinar um termo de recusa.



Fonte:  Portal Preto no Branco  Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, Publicado em 29/04/2020.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.