Redes Sociais

Header Ads

+Cientistas identificam aranha que apodrece carne humana com picada

Foto: Reprodução/Universidad Nacional Autónoma de México

Cientistas identificam aranha que apodrece carne humana com picada

A Loxosceles tenochtitlan vive na região central do México e tem por hábito se esconder em móveis e roupas, assim como a aranha-marrom

Cientistas descobriram uma nova espécie de aranha que, além de ser muito venenosa, apodrece a carne humana com uma picada e se esconde em móveis

A descoberta foi feita pela Universidade Autônoma, que a identificou como uma Loxosceles tenochtitlan. Segundo a universidade, o responsável pela identificação foi o professor Alejandro Valdez-Mondragon, juntamente com suas alunas Claudia Navarro, Karen Solis, Mayra Cortez e Alma Juarez.

Segundo eles, a mordida da aranha apodrece a carne humana com o veneno da picada.

Eles ainda não sabem, mas afirmam não acreditar que o veneno do animal seja "letal para humanos."

As marrom normalmente não são agressivas contra humanos, mas como se escondem em móveis, roupas e sapatos, ataques podem ocorrer pela compressão do corpo da vítima contra o delas.

Tami Mills, moaradora de Queensland, na Austrália, acordou com a "aranha mais letal do mundo" em sua cama. A espécie Atracidae, popularmente conhecida como  Aranha-teia-de-funil, pode matar um ser humano em apenas 15 minutos.

A Aranha-teia-de-funil é encontrada em quase todo território australiano, provando mais uma fez que o país existe unicamente para matar seus habitantes.



<

Postar um comentário

0 Comentários