Redes Sociais

Header Ads

Mais de 9 milhões de pedidos de auxílio estão em análise na Caixa

   Aplicativo da Caixa: quem teve o pedido negado pode requerer novamente o benefício, com um novo cadastro. —  Foto/Reprodução/Willian Moreira/Agência Estado. 


Mais de 9 milhões de pedidos de auxílio estão em análise na Caixa
Fonte: Tribuna Online, Maraiza Silva. —  Publicado no  CN em 24.maio.2020.   

Auxílio Emergencial -  Cerca de 55 milhões de pessoas já receberam aos menos a primeira parcela do benefício.  

Cerca de 9,7 milhões de pedidos de auxílio emergencial no valor de até R$ 1.200 ainda estão em análise na Caixa Econômica Federal. 

Desse total, 4,9 milhões estão na fila de primeira análise, e os outros 4,8 milhões passarão por nova análise, por causa de alguma inconsistência nos dados, de acordo com o banco. 



Ainda segundo o banco, foram processados 101,2 milhões de pedidos. Destes, 59 milhões foram considerados elegíveis e 42,2 milhões inelegíveis. Até agora, cerca de 55 milhões de pessoas já receberam aos menos a primeira parcela do benefício. A Caixa não informou o número de beneficiárois que já recebeu a segunda parcela da ajuda nesse perídio de pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

Veja também:
Celebridades que hoje trabalham em empregos comuns 
Coronavírus: 135.430 pessoas estão curadas no Brasil
CORONAVÍRUS: A grave ameaça às atividades dos profissionais de saúde 
PIPOCA PERIGOSA - Britânico opera o coração por causa de pipoca grudada no dente  
Profissionais da saúde incapacitados pela covid-19 podem vir a ser indenizados
No Brasil, quase 200 mil profissionais de saúde estão sob suspeita de contrair covid-19 
A China deveria financiar um Plano Marshall para ajudar todo mundo que foi atingido 
Abuso? Câmara aprova plano de saúde vitalício para ex-deputados em plena pandemia 
Curada, 1ª agente de saúde indígena com Covid ajuda seu povo em área crítica no AM
UOL: Enfermeira alega 'calor' e usa apenas lingerie por baixo de EPI em hospital 

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, reforçou que o saque em dinheiro da segunda parcela do auxílio não vai provocar grandes aglomerações, como foi visto no saque da primeira parcela, há três semanas.


Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Postar um comentário

0 Comentários