Header Ads


ONU considera termos como “marido” e “esposa” ofensivos e indica linguagem de gênero neutro

   ONU twittou um breve “guia” para orientar sobre essas escolhas. —  Foto/Reprodução


ONU considera termos como “marido” e “esposa” ofensivos e indica linguagem de gênero neutro
Fonte: Guiame/ Com informações do The Blaze. —  Publicado no  CN em 24.maio.2020.   

Mundo  -  A Organização das Nações Unidas recomendou em seu perfil do Twitter a adoção de uma linguagem de gênero neutro para não soar ofensivo

A ONU está recomendando que as pessoas "escolham cuidadosamente suas palavras" para garantir a felicidade e aceitação em um "mundo mais igualitário". Na última segunda-feira (18), a Organização das Nações Unidas twittou um breve “guia” para orientar sobre essas escolhas.

"O que você diz é importante. Ajude a criar um mundo mais igualitário, usando linguagem neutra em termos de gênero, se não tiver certeza sobre o gênero de alguém ou se referir a um grupo", diz a legenda do post, acompanhando uma breve lista com exemplos de algumas alterações para tornar as palavras mais “adequadas”.

Esse direcionamento inclui o uso de “ser humano” em vez de “homem”; "cônjuge" em vez de "marido" ou "esposa"; "nome de família" em vez de "nome de solteiro(a)"; e outras mais que correspondam a uma "linguagem de gênero neutro".



What you say matters.


Help create a more equal world by using gender-neutral language if you're unsure about someone's gender or are referring to a group. https://t.co/QQRFPY4VRn #GenerationEquality via@UN_Women pic.twitter.com/koxoAZZuxq


— United Nations (@UN) May 18, 2020
O tweet gerou grande repercussão e, no momento da redação deste artigo, ganhou mais de 34.000 comentários, sendo muitos deles com críticas à ONU.


Um dos críticos à medida foi o jornalista Paul Sacca, do site americano ‘TheBlaze’, que lembrou a ONU que em 2018, a própria organização compartilhou uma citação aparentemente “arcaica” do ex-secretário geral das Nações Unidas, Dag Hammarskjöld.

A citação dizia: "A ONU não foi criada para levar o homem ao céu, mas para salvar o homem do inferno".

Veja também:
Mais de 9 milhões de pedidos de auxílio estão em análise na Caixa 
Celebridades que hoje trabalham em empregos comuns 
CORONAVÍRUS: A grave ameaça às atividades dos profissionais de saúde 
Profissionais da saúde incapacitados pela covid-19 podem vir a ser indenizados
Abuso? Câmara aprova plano de saúde vitalício para ex-deputados em plena pandemia 
Curada, 1ª agente de saúde indígena com Covid ajuda seu povo em área crítica no AM
 Celebridades que hoje trabalham em empregos comuns 
Ana Furtado revela que a filha superou ansiedade causada por quarentena  
Xuxa e Junno fazem campanha em prol de santuários de animais no Brasil  

Outro comentário de usuário de mídia social amplamente compartilhado acrescentou: "Estou tão feliz por ser HOMEM. Deve ser repugnante ser O PRESIDENTE desse grupo. Talvez algum DEPUTADO faça algo a respeito. Se um HOMEM DE NEGÓCIOS fez isso, ele está sem emprego. Pelo menos UM POLICIAL me protegerá".

“Não há literalmente nada de errado com esses termos. A ONU só quer vigiar os idiomas do mundo inteiro! A ONU deve se concentrar em questões que realmente importam neste mundo, como a pobreza causada por ditadores socialistas e comunistas como @NicolasMaduro e não em uma 'linguagem de gênero’", comentou outro usuário.


 

Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.