Redes Sociais

Header Ads

Agentes de saúde pré-candidata a vereadora foi assassinada a tiros facadas

A agente comunitária de saúde Helena Pereira.  —  Foto/Reprodução.

Agentes de saúde pré-candidata a vereadora foi assassinada a tiros facadas
Publicado no Conexão Notícia em 07.set.2020.   

Agentes de Saúde |  Uma agente de saúde e pré-candidata a vereadora foi assassinada com um tiro de espingarda na cabeça e perfurações de faca, dentro de sua casa, no povoado Projeto Piauí em Alvorada do Gurgueia (a 539 km de Teresina). O crime aconteceu por volta das 6h30 de sábado 05/09, e o suspeito é seu ex-marido, identificado como Antônio de Sousa, de 45 anos. 

Helena Pereira da Silva, 45 anos, ainda teria gritado, mas o suspeito conseguiu fugir antes dos vizinhos chegarem ao local. 

De acordo com o comandante da 2ª companhia do 19º BPM, tenente Cláudio Manoel, as armas foram apreendidas na residência e encaminhadas para a Delegacia de Proteção à Mulher de Bom Jesus. 

“Eles estavam separados há cerca de um mês e ele tinha ido para Brasília, mas voltou e não conseguiu reatar e ele não se conformou”, afirmou o tenente Claudio ao Portal Cidade Verde. 

VEJA TAMBÉM:

O suspeito teria fugido a pé. “Ele já devia ter preparado tudo. Fugiu a pé e ninguém viu. Foi feito diligências, mas a gente acredita que tenha voltado para Brasília”, declarou o comandante da companhia. 

Tenente Claudio disse ainda que a região tem muitos casos de violência doméstica. 
A delegada Rejane Borges, titular da Delegacia de Proteção à Mulher, vai apurar os fatos. Ela informou que o corpo passou por perícia no Hospital Regional de Bom Jesus e que ainda vai intimar possíveis testemunhas para começar as investigações. 

A agente de saúde era bastante conhecida na região e era pré-candidata a vereadora nas próximas eleições municipais. O casal tem um filho jovem, que também esteve na residência da mãe, depois do ocorrido. 

Portal Cidade Verde, Caroline Oliveira



Atenção! 

*Para nos informar casos de óbitos entre ACS/ACE, use esse formulário online, aqui!
*Para acessar o Monitoramento sobre a Covid-19 entre a categoria, acesse aqui!



Postar um comentário

0 Comentários