Redes Sociais

Header Ads

Covid-19: Fiocruz alerta para urgência de medidas rígidas de isolamento social

 Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). —  Foto/Reprodução Paulo Nicollela - Agência O Globo.


Covid-19: Fiocruz alerta para urgência de medidas rígidas de isolamento social
Fonte:   Portal da Fiocruz—  Publicado no CN - Conexão Notícia em 07.maio.2020.

Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) encaminhou, na quarta-feira (6/5), um relatório ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), em resposta à solicitação do órgão realizada em 3 de maio. O documento consolida um posicionamento da Fiocruz a respeito da adoção de medidas rígidas de isolamento social no âmbito territorial do estado do Rio de Janeiro.

Com base em análises técnico-científicas e como parte de seu compromisso com a vida, com o Sistema Único de Saúde (SUS) e com a saúde da população, a Fiocruz considera urgente a adoção de medidas rígidas de distanciamento social e de ações de lockdown no estado do Rio de Janeiro, em particular na região metropolitana, visando à redução do ritmo de crescimento de casos e a preparação do sistema de saúde para o atendimento adequado e com qualidade às pessoas acometidas com as formas graves da Covid-19. 

Os especialistas da instituição projetam que, caso não sejam tomadas medidas mais rígidas de distanciamento social no estado do Rio de Janeiro, haverá um agravamento da situação epidemiológica e de insuficiência de leitos no mês de maio de 2020, que pode se prolongar e levar a um número expressivo de mortes que poderiam ser evitadas. 


Veja também:

Auxílio Emergencial: pagamento da 2ª parcela será mais rápido, diz Caixa
STF decide que Covid-19 pode ser considerada doença ocupacional
Senado aprova por unanimidade ajuda a estados e municípios
Teich diz que fechamento total é medida recomendável em cidades em situação crítica
Raul Gil recebe alta após ficar cinco dias internado
TCE investiga governo de SP por compra de respiradores
ISTOÉ: Família descobre que idosa com Covid-19 está viva após abrir caixão
Nº de recuperados do coronavírus no Brasil é cerca de 6 vezes maior que o de mortes
UNA: Medidas de proteção no manejo da COVID-19 na Atenção Especializada 
Profissionais da Saúde levam a Prefeitura de Maceió ao MPT por falta de EPI's  
Medidas de proteção no manejo da COVID-19 na Atenção Especializada
BAHIA: Surto de covid em Unidade de Saúde, 64 funcionários foram infectados
Agente de saúde pede socorro, em vídeo que denuncia a prefeitura de Coelho Neto 

Segundo o documento, as medidas de lockdown devem ser adequadas às realidades epidemiológicas e dos sistemas de saúde das diferentes das cidades do estado sem que, no entanto, sejam implantadas de forma isolada. Para eles, elas devem considerar não somente o número registrado de casos e óbitos, mas principalmente a tendência da epidemia em cada região do estado, a disponibilidade de leitos e equipamentos, a adequação do quadro de profissionais de saúde, bem como a adesão dos cidadãos e dos estabelecimentos comerciais e industriais a estas medidas. 

O relatório considera ainda a importância de intensa articulação das diferentes esferas de governo para a implantação dessas medidas rígidas de isolamento no estado e da adoção de medidas de apoio econômico e social às populações vulneráveis, particularmente as que dependem de trabalho informal ou precário, bem como suporte a pequenas empresas que geram empregos e podem sofrer grande impacto da pandemia.  

Leia o documento na íntegra (PDF).



Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 




Postar um comentário

0 Comentários