Redes Sociais

Header Ads

*URGENTE: Dr. Drauzio Varella divulga vídeo e pede desculpas a família da vítima de Suzi.

O vídeo mostra também sua postura sempre transparente e humanitária, mesmo mediante um erro admitido.  — Foto: Reprodução Canal Rural.  

URGENTE: Dr. Drauzio Varella divulga vídeo e pede desculpas a família da vítima de Suzi.
Por Josie Conti

Após a imensa repercussão da reportagem do Fantástico e da subsequente divulgação do crime hediondo cometido pela detenta trans Suzi, o Dr. Drauzio Varella, há poucos minutos, divulgou uma nota através de vídeo, onde descreve o acontecido em detalhes e desculpa-se tanto com as pessoas que possa ter ofendido quanto com a família da vítima. 

O vídeo mostra também sua postura humanitária, mesmo mediante um erro admitido.

“Sou médico, não juiz”, diz Drauzio Varella após divulgação de crimes do detento que se declara trans. 

Nas últimas horas o Drauzio Varella, segundo a opinião de muitos internautas, passou da posição de anjo para demônio e, mais uma vez, levantou os ânimos tanto dos hatters de plantão quando do público médio que insiste e transformar a internet em uma arena e em julgar pessoas como se seus atos sempre fossem dicotômicos: só bons ou só maus. Aliás, essa maneira de ver o mundo dividindo-o apenas em “preto e branco” e sem considerar as nuances e peculiaridades de cada caso apenas demonstra que, mesmo adultas, grande parte das pessoas mantém uma visão da realidade baseada em suas primeiras referências infantis do “bem contra o mau”.

Tudo começou quando o Dr. Drauzio Varella, em reportagem produzida para o Fantástico, visitou detentos e demonstrou, como sempre faz, uma atitude de extrema humanidade e carinho com os presos. Dentre os presos que apareceram, destacou-se a imagem do Suzy, detento que se considera trans, que revelou que não recebia visitas há 8 anos e que ganhou um abraço do médico, imagem que rapidamente viralizou.

A polêmica que se seguiu dias depois aconteceu por causa da divulgação do crime incrivelmente violento contra uma criança que teria sido cometido pela detenta e que teria justificado a prisão.   Continue lendo esta matéria!

👉Veja mais notícias no Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.


Fonte:  Ministério da Saúde / Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, Publicado em 11/03/2020.


Postar um comentário

0 Comentários