Redes Sociais

Header Ads

Passa de 1,5 milhão o número de curados de Covid-19 em todo o mundo

  Últimas pacientes recebem alta nesta sexta-feira (1º) de hospital temporário que funciona em Madri, na Espanha —  Foto/Reprodução/Sergio Perez/ Reuters.


Lava Jato prende ex-presidente da Alerj por fraudes na saúde no RJ.
Fonte:   Melodia News, MARCIA PINHEIRO —  Publicado no CN - Conexão Notícia em 14.maio.2020.   

Coronavírus - Brasil sobe no ranking e soma 72 mil curados. 

Já passa de 1,5 milhão o número de recuperados da Covid-19 em todo o mundo. A marca foi batida esta madrugada, de acordo com o site da Universidade Johns Hokpins, dos Estados Unidos, que faz a atualização online.

Os países com mais recuperados são Estados Unidos, Alemanha, Espanha, Itália e Turquia. O Brasil aparece em 8º lugar no ranking com mais de 72 mil curados. Subiu uma posição em relação ao levantamento do dia 30 de abril, quando tinha 35 mil recuperados.

Especialistas acreditam que este número pode subir, se as pessoas seguirem as orientações de isolamento social e higienização.

Veja algumas dicas do Ministério da Saúde sobre como se proteger contra o coronavírus:

• Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%.
• Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos.
• Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
• Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado.
• Mantenha uma distância mínima de cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.
• Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.
• Higienize com frequência o celular e os brinquedos das crianças.
• Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.
• Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.
• Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas. Se puder, fique em casa.
• Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, e fique em casa até melhorar.
• Durma bem e tenha uma alimentação saudável.
• Utilize máscaras caseiras ou artesanais feitas de tecido em situações de saída de sua residência.

Veja também:
Lava Jato prende ex-presidente da Alerj por fraudes na saúde no RJ
Esquecidos: Agentes de Saúde são peças fundamentais no combate ao Coronavírus
Auxílio Emergencial: Líder do Governo avisa sobre a possibilidade de prorrogação
Pernambuco: Área da saúde lidera nas denúncias de trabalho no MPT-PE
Câmara aprova destinar R$ 9 bi de fundo extinto para o combate à Covid-19
PE restringe circulação de pessoas e implanta rodízio de veículos em 5 cidades
Senadores querem pensão especial para profissionais que atuam contra covid-19
COVARDIA: Agente de saúde é derrubada da moto, agredida e ameaçada 
Em depoimento, Valeixo diz que Bolsonaro nunca pediu acesso a investigações
Itália inicia tratamento em massa com o uso precoce de hidroxicloroquina
Confira as histórias de pessoas lutam contra o desemprego em meio à pandemia 
Inglaterra substitui o slogan “fique em casa” por “fique alerta”

Casos confirmados
Se cresceu o número de recuperados, o de casos confirmados também: já são 4,2 milhões de infectados em todo o planeta.
Só os EUA registram 1,3 milhão de pessoas com o novo coronavírus.
Em seguida vêm a Rússia com 232,2 mil, Espanha com 228 mil, Reino Unido com 227,7 mil, Itália com 221 mil e França com 178,3 mil casos registrados.
O Brasil aparece em 7º no ranking com 178,2 mil pessoas com a doença.

Mortes
Infelizmente o número de mortes em todo o mundo está perto dos 300 mil. Exatas 292.316 pessoas perderam a vida para a Covid-19.
Dessas, 82,2 mil nos Estados Unidos, 32,7 mil no Reino Unido, 30,9 mil na Itália, 26,9 mil na França e 26,9 mil na Espanha.
O Brasil subiu para 6º lugar no ranking de mortes, com 12,4 mil pessoas que perderam a vida para a doença.



Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 






Postar um comentário

0 Comentários