Redes Sociais

Header Ads

Aluna de Sérgio Moro assume culpa por plágio em artigo

Ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. —  Foto/Reprodução/Pedro França.  

Aluna de Sérgio Moro assume culpa por plágio em artigo
Fonte: Estadão/Agência Estado —  Publicado no  CN em 28.jun.2020. 

Brasil  | Advogada Beathrys Ricci Emerich admitiu ter cometido plágio em texto publicado em coautoria com o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública.

A advogada Beathrys Ricci Emerich admitiu ter cometido plágio em artigo publicado em coautoria com o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. O caso veio à tona após o advogado Marcelo Augusto Rodrigues de Lemos apontar trechos do texto que foram copiados de artigo publicado por ele no site Conjur. Procurado, ele disse que aguarda retratação do ex-juiz da Lava Jato.

"A redação do artigo foi minha e, infelizmente, acabou acontecendo a falha metodológica consistente na ausência de citação do ilustre autor Dr. Marcelo Augusto Rodrigues de Lemos" afirmou a advogada. "Reconheço a falha não intencional, mesmo porque não havia motivos para não citar o autor, tendo em vista que o trabalho citou mais de vinte outros autores."

O texto de 16 páginas assinado por Beathrys com a coautoria de Moro foi publicado na revista Relações Internacionais do Mundo Atual, da Unicuritiba, e discutia lavagem de dinheiro por meio de pagamentos advocatícios.

Em nota, Moro afirmou que sua aluna cometeu um "erro metodológico" ao utilizar dois "pequenos trechos sem citar o autor".

VEJA TAMBÉM: 
REDES SOCIAIS: Coca-Cola boicota o Facebook e gera prejuízo de R$ 306 bilhões
COVID-19: Brasil passa EUA e assume liderança em número de recuperados
Imunização contra gripe termina na próxima semana
TCU realiza levantamento sobre a sustentabilidade do SUS
ACRE: Gestão investe mais de R$ 200 mil em compra de barcos para agentes de saúde
Covid-19 alimenta onda mundial de antissemitismo, dizem pesquisadores
Prefeitura do Recife: Faxineira era sócia da empresa do contrato de R$ 81 milhões
PE: Prefeitos e Gestores são intimados pelo TCE a prestar informações sobre pessoal

"O artigo foi retirado da revista, ela já reconheceu o erro e pediu desculpas ao autor. É o trabalho de uma aluna de pós-graduação que cometeu um erro e já o corrigiu, o que é louvável", afirmou o ex-ministro.

Procurado pelo jornal O Estado de S. Paulo, o advogado Marcelo Augusto Lemos, autor do texto plagiado, afirma que recebeu o pedido de desculpas da ex-aluna de Moro.

Destaca, porém, que a responsabilidade do artigo também é do ex-ministro e, por isso, espera um pedido de retratação. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 



Postar um comentário

0 Comentários