Redes Sociais

Header Ads

Faxineira era sócia da empresa que firmou contrato de R$ 81 milhões com a prefeitura do Recife

O Ministério Público Federal apura possíveis irregularidades em dispensas de licitação promovidas pela Secretaria de Saúde do Recife —  Foto/Reprodução.  


Faxineira era sócia da empresa que firmou contrato de R$ 81 milhões com a prefeitura do Recife
Fonte:  Com informações do Diário de Pernambuco —  Publicado no  CN em 23.jun.2020. 

Polícia Federal | Na coletiva de imprensa da manhã do dia 16/06, a Polícia Federal detalhou a Operação Antídoto, deflagrada para investigar contratações emergenciais realizadas pela Secretaria de Saúde da Prefeitura do Recife com a empresa FBS Saúde Brasil Comércio de Materiais Médicos Eireli para o enfrentamento ao novo coronavírus. A PF declarou que uma das sócias iniciais da empresa, que assinou contratos de  R$ 81,1 milhões em equipamentos hospitalares com a Prefeitura do Recife, era uma faxineira moradora de um bairro popular, na Zona Norte da capital. Ela confessou aos policiais que assinou um documento a pedido de seu empregador, que não teve o nome divulgado. Atualmente ela não consta mais como sócia da FBS Saúde.

Segundo o Ministério Público Federal, as apurações mostram possíveis irregularidades em dispensas de licitação promovidas pela Secretaria de Saúde do Recife, com verbas do Sistema Único de Saúde (SUS). A prefeitura contratou R$ 81,1 milhões em equipamentos hospitalares da FBS Saúde Brasil, empresa com capital social de R$ 100 mil e apenas um funcionário registrado.

VEJA TAMBÉM: 
PE: Prefeitos e Gestores são intimados pelo TCE a prestar informações sobre pessoal
Coronavírus: paciente no Piauí testa positivo semanas após recuperação
Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra a gripe até 30 de junho
PF alerta sobre novo golpe no Whatsapp que promete auxílio “vale-gás”
Senado aprova suspensão de parcelas de empréstimo consignado 
Saiba como cada estado está retomando as atividades econômicas no país
+“Querem prender os que vão à igreja, mas não os que queimam igrejas”, diz Trump
Maranhao, já desativa leitos para Covid-19, pelo achatamento da ‘curva da morte’ 
Nise Yamaguchi se une com Pazuello para defender o uso da cloroquina no Brasil

A polícia também constatou que, pelo menos, nove contratos assinados com a FBS Saúde já foram cancelados ou excluídos pela Prefeitura do Recife por possíveis irregularidades. Os crimes previstos são de falsidade ideológica, peculato e dispensa indevida de licitação, sem prejuízo de outros que possam surgir no decorrer da apuração. Além dos mandados de busca e apreensão, a Justiça determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal dos suspeitos no caso da contratação da FBS Saúde Brasil.

A cada dia que passa, as provas colhidas e os indícios apontam para um verdadeiro esquema profissional, montado na administração do PSB em Recife para saquear as verbas destinadas ao combate à pandemia. Esses fatos vão desgastando o prefeito, dificultando a cada dia a candidatura de João Campos (PSB), que terá que responder na campanha pelos desmandos descobertos pela justiça.

 



Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 







Postar um comentário

0 Comentários