Redes Sociais

Header Ads

Idosa é furtada por mulheres que se passaram por agentes de saúde

Secretaria Municipal de Saúde lembra que servidores atuam uniformizados e com crachá de identificação.  —  Foto/Reprodução.

Idosa é furtada por mulheres que se passaram por agentes de saúde 
Publicado no Conexão Notícia em 31.ago.2020.  

Agentes de Saúde  |   Uma idosa, de 74 anos, foi vítima de duas mulheres que se passaram por agentes de segurança pública de Curvelo, cidade da região Central do estado, na noite dessa quinta-feira (27), para furtar a mulher.

A Polícia Militar (PM) foi acionada pela própria idosa, por volta de 21h, cerca de uma hora após ela perceber que tinha sido vítima de um crime. Aos militares, a mulher contou que as duas suspeitas bateram a campainha da casa dela e anunciaram ser servidoras da saúde pública do município. 

Durante a conversa, as mulheres alegaram que estavam passando de porta em porta para alertar a população sobre os cuidados sanitários que devem ser tomados no combate ao novo coronavírus. A idosa convidou as mulheres para entrar em casa, onde seguiram conversando.

VEJA TAMBÉM:
Idosa é furtada por mulheres que se passaram por agentes de saúde
PB: Secretário de Saúde destaca importância dos agentes de desinfecção
Conheça a Lei Ruth Brilhante: ela estabelece as novas atribuições dos Agentes de Saúde
Folha: A cada minuto, 1 profissional de saúde é infectado por Covid-19 no Brasil
Folha de S. Paulo: 12.545 agentes de saúde infectado por Covid-19 no Brasil
Luto: Morre o agente comunitário de saúde Carlos Roberto Alves
Caminhoneiro é preso após cometer importunação sexual contra uma agente de saúde
PANDEMIA: Vereadores aprovam adicional de insalubridade para agentes de saúde
OMS não visita Wuhan e põe em xeque investigação sobre origem da pandemia
Pazuello deve permanecer por tempo indeterminado no Ministério da Saúde
Covid-19: Corpo de agente de saúde foi trocado e enterrado por outro em MT

Uma hora após as suspeitas deixarem o local, a idosa percebeu que elas tinham levado o cartão de crédito e R$ 300 dela. Ao passar as características das suspeitas, a vítima explicou que elas não estavam usando uniformes da prefeitura. 

A Secretaria de Saúde do Município mineiro explicou que os agentes comunitários de saúde só atuam nos bairros que têm Estratégia de Saúde da Família, o que não é o caso do Centro. Todos eles atuam uniformizados e com crachás de identificação. Além disso, a Pasta alerta que os agentes de endemias, que fazem o combate à dengue, trabalham uniformizados e em horário comercial.

Fonte: Otatiaia 
Por Camila Kifer




Atenção! 

*Para nos informar casos de óbitos entre ACS/ACE, use esse formulário online, aqui!
*Para acessar o Monitoramento sobre a Covid-19 entre a categoria, acesse aqui!



Postar um comentário

0 Comentários