Redes Sociais

Header Ads

Assembleia de Deus: Morre pastor Antonio de Jesus Dias, um dos primeiros líderes da UMADEGO

Pastor Antonio de Jesus Dias faleceu com covid-19.  —  Foto/Reprodução.

Assembleia de Deus: Morre pastor Antonio de Jesus Dias, um dos primeiros líderes da UMADEGO
Publicado no Conexão Notícia em 03.set.2020.  

Mundo Cristão  | Religioso deixa um legado espiritual e político.

Faleceu nesta quinta-feira (3) o pastor Antonio de Jesus Dias, 78 anos, um dos primeiros líderes da União de Mocidade das Assembleias de Deus do Estado de Goiás (UMADEGO).

Ele estava internado na UTI com covid-19, seu estado era considerado grave por ele ter problemas renais e uma grande corrente de oração foi formada para a recuperação do líder. Mas na manhã de hoje ele não resistiu e veio a óbito.

Formado em psicologia, ele atuou como professor universitário e chegou a ser eleito deputado estadual e federal pelo Estado de Goiás. Enquanto constituinte, votou a favor da criação do Estado do Tocantins e por isso é muito querido na região.

“Um grande homem de Deus. Uma voz que se cala, seguiu por décadas o programa ‘A Voz das Assembléias de Deus no Goiás'”, lamentou o deputado federal Eli Borges.

Legado político

O pastor teve um grande legado político, sendo eleito em 1978 como deputado estadual e em 1986 se tornou deputado federal.

Como homem negro, nas principais pautas propostas no período, Antônio de Jesus Dias, se mostrou favorável ao rompimento diplomático do Brasil com países que detinham políticas raciais descriminatórias.

VEJA TAMBÉM:
Esposa e igreja do “Pantera Negra” receberão fortuna avaliada em R$ 109,6 milhões
Brasil lidera na distribuição de Bíblias em formato digital, diz relatório global
Resultado de um processo histórico, a intolerância religiosa se reflete em perseguição 
A perseguição aos cristãos na Malásia
Homem ressuscita na Etiópia após oração e 25 testemunhas aceitam Jesus
Famílias protestantes do México são forçadas a escolher entre serviços básicos e fé
+`Jesus me curou´, diz menina de 5 anos antes de exame indicar regeneração do cérebro
Pastor que salvou mais de 1.500 bebês quer construir aldeia para mães criarem os filhos
Vila onde Jesus alimentou 5.000 pessoas é descoberta perto do Mar da Galileia
Sinédrio judeu quer tocar o shofar no Monte do Templo após quase 2 mil anos
Prefeito consagra cidade a Jesus durante encontro de oração, nos EUA.
O CRIME E A QUEDA - Flordelis: uma tragédia brasileira 

Outras defesas importantes que ele fez durante seu mandato na Câmara dos Deputados foi ser contra à limitação do direito de propriedade. Se manifestou ainda contra a pena de morte, a estatização do sistema financeiro e o aborto.

Jesus Dias também foi o primeiro deputado federal a ler a Bíblia em um seção.

Anos depois ele voltou por duas vezes a ocupar uma vaga no Congresso Nacional como suplente dos deputados Naphtali Alves de Souza e Virmondes Cruvinel. Em 1992, por exemplo, enquanto suplente, ele votou a favor da abertura do processo de impeachment contra o ex-presidente Fernando Collor de Melo.

Redação JM Notícia



Postar um comentário

0 Comentários