Romênia: Manifestação contra medidas de isolamento gera manifestações 70 cidades do país - Conexão Notícia

Header Ads


Romênia: Manifestação contra medidas de isolamento gera manifestações 70 cidades do país

  Manifestantes se reuniram em Bucareste e gritavam contra o toque de recolher e fechamento do comércio. —  Foto/Reprodução/DANIEL MIHAILESCU/AFP.

Romênia: Manifestação contra medidas de isolamento gera manifestações 70 cidades do país
Publicado no Conexão Notícia em 30.mar.2021.  

Mundo | BUCARESTE — Os romenos se apega ao slogan “liberdade” para reagir as medidas extremas de isolamento contra o coronavírus. Convocados pelo partido Aliança pela União dos Romenos (AUR, que significa ouro em romeno), milhares de pessoas protestaram na noite de segunda-feira, pelo segundo dia consecutivo, em 70 cidades do país do Leste Europeu, contra as novas restrições impostas pelo governo para enfrentar o aumento de casos de Covid-19 nos últimos dias. Os manifestantes não cumpriram o toque de recolher — que ocorre a partir das 20h desde o fim de semana passado — e provocaram incidentes violentos com a polícia em Bucareste, capital do país, culminando com 12 policiais feridos e quase 200 pessoas presas.

O Ministério Público do país comunicou que investiga atos de injúria, perturbação da ordem pública, queima de contêineres e a destruição de vitrines e equipamentos públicos nas ruas. Enquanto as pessoas investigadas passam por interrogatórios, foram impostas, até agora, multas de 40 mil euros (R$ 270 mil). Os protestos se estenderam a outras cidades, como Cluj-Napoca, Constança, Sibiu, Brasov, Timisoara e Iasi.

Partido: Sem fazer barulho, uma nova direita emerge na Romênia e promete fortalecer o conservadorismo no país.

Um grupo de centenas pessoas se sentou no meio da calçada, próximo à Praça da Universidade, e bloqueou o trânsito da principal via da capital romena. O diretor geral da polícia de Bucareste, o coronel Ionel-Catalin Stegaroiu, deu explicações, nesta terça-feira.


— Com a intervenção da polícia, todos eles se tornaram violentos e começaram a arremessar pedras — disse.

Stegaroiu elogiou seus companheiros pela calma e profissionalismo que tiveram durante o confronto.

Outra medida contra as quais os manifestantes protestavam era o horário de fechamento das lojas, que recentemente foi adiantado das 21h para as 18h. Segundo os manifestantes, isso projeta uma forte possibilidade de crise econômica no país, inclusive, gerando desemprego.

Confira o vídeo:


— Estamos fartos e nós, os que vamos para as ruas, seremos cada vez mais numerosos. Existem muitos jovens que precisam trabalhar porque seus pais não os podem sustentar, não têm muitos recursos para sobreviverem às restrições contra a Covid-19 — afirmou uma jovem aos meios de comunicação locais durante o protesto.

A Romênia está fervendo e quer recuperar sua liberdade. O governo é surdo e mudo. A imprensa corrupta é cúmplice”, publicou a AUR em seu perfil no Facebook para encorajar os cidadãos a participarem do protesto.

Vivemos em um Estado onde o governo sequestra seus próprios cidadãos e os aterroriza todos os dias com ameaças, estatísticas para provocar pânico e multas. Todos estamos debaixo de prisão domiciliar por algo que ninguém cometeu”, atacou o partido em outra publicação na mesma rede social.

Entre suas reivindicações estavam o levantamento das restrições à circulação nas ruas, além da abertura do setor de hotelaria. Também denunciavam o que chamam de “ditadura sanitária”.



Executado por colegas, PM da Bahia é chamado herói nacional e símbolo de liberdade

  Policial Militar, Wesley Soares Góes. —  Foto/Reprodução.

"Eu não vou mais prender trabalhador, não entrei na polícia para prender pai de família, quero trabalhar com dignidade porque eu sou policial militar da Bahia", gritava o soldado. Leia a matéria completa, aqui!

Acompanhe as notícias do CN - Conexão Notícia no Facebook

Veja outras formas de doações, aqui!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.