Sindicatos articulam-se para barrar compra de vacinas por empresas - Conexão Notícia

Header Ads


Sindicatos articulam-se para barrar compra de vacinas por empresas

   Plataforma da CUT permite pressionar parlamentares.  —  Foto/Reprodução/Agência Brasil.

Sindicatos articulam-se para barrar compra de vacinas por empresas
Publicado no Conexão Notícia em 18.abril.2021.  

Brasil Entidades garantem que a medida privilegia os mais ricos. 
Por Cristyan Costa

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) lançou na segunda-feira, 12, a ferramenta "Na Pressão." O objetivo é impedir que empresas privadas adquiram vacinas contra a covid-19. 

Por meio da plataforma digital, qualquer um pode enviar um recado aos senadores, seja por WhatsApp, Facebook ou e-mail. O objetivo é pressioná-los a votar contra o Projeto de Lei (PL) 948/2021, já aprovado pela Câmara dos Deputados. A medida permite que a iniciativa privada ajude a acelerar o processo de imunização. 


No texto original, as companhias teriam de doar todas as doses ao Sistema Único de Saúde (SUS) até que os grupos prioritários estivessem vacinados. Caso passe na Casa, empresários poderão utilizar 50% dos produtos e dar o restante ao SUS. Para a CUT, o PL “privilegia os mais ricos”.

Revista Oeste


China envia R$ 1,7 milhão a sindicatos do Brasil. 6 Centrais sindicais serão beneficiadas.  

  A chinesa ACFTU é considerada a maior entidade sindical do mundo. —  Foto/Reprodução.

A Federação Nacional dos Sindicatos da China (ACFTU) doará US$ 300 mil — cerca de R$ 1,7 milhão — para as centrais sindicais do Brasil.

O ACFTU é o sindicato oficial da China, ao qual todas as organizações de trabalhadores do país asiático são afiliadas. Algo muito semelhante a existência de apenas um partido político em todo o país. Leia essa matéria completa, aqui!

Acompanhe as notícias do CN - Conexão Notícia no Facebook

Veja outras formas de doações, aqui!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.