Redes Sociais

Header Ads

Bia Kicis chama ministro do STF de ‘juiz de m****’. Assista!

Deputada Federal Bia Kicis. —  Foto/Reprodução/Pleno.News.  

Bia Kicis chama ministro do STF de ‘juiz de m****’. Assista!
Fonte: Pleno News, Henrique Gimenes  —  Publicado no  CN em 28.maio.2020. 

Governo | Brasília  -  Deputada foi alvo de operação da PF nesta quarta-feira. Em vídeo, ela criticou o ministro Celso de Mello. 

Na quarta-feira (27), a Polícia Federal (PF) realizou uma ação contra um suposto grupo que divulgaria notícias falsas. Um dos alvos da operação foi a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF). Dias atrás, ela havia feito uma live e dito que o ministro Celso de Mello era um “juiz de m****”. O vídeo do momento voltou a se espalhar nas redes sociais na quarta após a operação da PF.

A gravação foi feita pela parlamentar na sexta-feira (22), após o ministro Celso de Mello, do STF, enviar um pedidos de apreensão dos telefones de Bolsonaro e de seu filho, o vereador Carlos Bolsonaro, à Procuradoria-Geral da República (PGR) para análise. Em sua decisão, ele afirmou que é dever jurídico do Estado apurar a “autoria e a materialidade dos fatos delituosos narrados por qualquer pessoa do povo”.



No vídeo, a parlamentar fez duras críticas ao ministro Celso de Mello e celebrou o fato dele se aposentar no final do ano.

– Graças a Deus. Estou feliz de ver essa notinha do GSI. Vai se lascar, Celso de Mello. Não é à toa que você foi chamado de juiz de m**** pelo Saulo Ramos. Está lá no livro dele, juiz de m****. E eu estou usando de minha imunidade parlamentar para falar a verdade na sua cara. Juiz de m****, é isso que você é. Já devia estar aposentado. Infelizmente, com a PEC da bengala, você está aí nos assombrando. No fim do ano, em novembro, você sai (…) Você faz mal para o país. Eu ouvi falar, não sei se é verdade, parece que você casou com uma moça progressista. E depois que casou com ela, virou esquerdopata também – afirmou.

Veja também:
Brasileiros criam petição por impeachment de Moraes
Bolsonaro convoca ministros e prepara reação contra o STF
+ “Só Deus sabe o que passei”, diz Sikêra Jr. após se recuperar da Covid-19
Deputados bolsonaristas pedem impeachment de Moraes depois de operação 
EMOCIONANTE: Idosa desempregada acha R$ 1.140 e vai a pé devolver
Inquérito das fake news: Aras pede para Fachin suspender investigação 
Moro quer identificar os “autores” de uma suposta “rede de fake news e de ofensas...”
Roberto Jefferson, Luciano Hang, Douglas Garcia e Terça Livre são alvos da PF
PF cumpre mandados em inquérito sobre fake news 

A operação da PF da quarta-feira teve como alvos diversos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, entre eles o empresário Luciano Hang, o jornalista Allan dos Santos, o ex-deputado federal Roberto Jefferson e o deputado estadual de São Paulo, Douglas Garcia. A ação faz parte do inquérito das Fake News no Supremo Tribunal Federal (STF), que investiga a produção de notícias falsas e ameaças à Corte. A autorização foi dada pelo ministro Alexandre de Moraes.




Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Postar um comentário

0 Comentários