Redes Sociais

Header Ads

DENUNCIA: Sem aventais, agentes de saúde usam sacos de lixo contra coronavírus em Dourados - MS.

 Mesmo com repasses bilionários feitos pelo Fundo Nacional de Saúde os agentes de saúde tem sido negligenciados nas prefeituras. —  Foto/Reprodução.  


DENUNCIA: Sem aventais, agentes de saúde usam sacos de lixo contra coronavírus em Dourados - MS. 
Fonte: Jornal Midiamax —  Publicado no  CN em 10.jun.2020.   

Prefeituras  — A denuncia é do Sindicato dos Agentes de Saúde e Endemias, que também alega falta de máscaras.

Pressionados pelo avanço dos casos de coronavírus em Dourados - MS, que já registra 307 casos confirmados, profissionais das unidades de saúde estão utilizando aventais  improvisados com sacos de lixo.  A denúncia é do Sindcrase (Sindicato dos Agentes de Saúde Comunitários e Endemias de Dourados).

A entidade também relata que, nas unidades de saúde de Dourados, estão faltando outros equipamentos de proteção individual e para não ficarem desprotegidos do contágio do coronavírus, os servidores estão fazendo vaquinha para comprar material.

Há relatos, segundo a entidade, que diante do envio de apenas duas máscaras para cada equipe, que é composta por seis agentes, os servidores estão utilizando o sistema de rodízio e quem fica sem o equipamento, precisa tirar dinheiro do próprio bolso.

VEJA TAMBÉM:
Sem aventais, agentes de saúde usam sacos de lixo contra coronavírus em Dourados 
Agente de saúde da Ilha de Itamaracá testa positivo para coronavírus e vence a luta
Agente de endemias morre com Covid-19 em Salvador
MG Novos agentes de saúde (ACS/ACE) garante reforço da Atenção Primária
Francisco Beltrão: Agentes comunitários ganham tablets para trabalho nos bairros  Saúde
JASB - ALAGOAS: Nota de Repúdio dos Servidores Públicos Municipais de Rio Largo 
R$ 1,2 bilhão: SUS ganha reforço na identificação precoce de casos de COVID-19
Documentos vazados questionam o anúncio do `paciente zero’ em província da China
Idosa de 96 anos se recupera do coronavírus após ter 50% do pulmão comprometido

“Com o racionamento desses equipamentos, tem gente que deixa de ir ao banheiro com medo de novas contaminações. Se tiver que fazer as necessidades, fica sem equipamento, porque não tem outro para fazer a troca”, relata uma agente.

A secretária municipal de Saúde, Berenice Machado de Souza foi procurada pela reportagem do Jornal Midiamax,   mas até o momento não se manifestou.

Atenção! 
*Para nos informar casos de óbitos entre ACS/ACE, use esse formulário online, aqui!
*Para acessar o Monitoramento sobre a Covid-19 entre a categoria, acesse aqui!




Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Postar um comentário

0 Comentários