Redes Sociais

Header Ads

Malafaia dispara contra ‘golpe’ do STF e diz não ter medo de ser preso: ‘Poder emana do povo’

Reação do pastor Silas Malafaia, diante de ações de ministros do STF—  Foto/Reprodução.  


Malafaia dispara contra ‘golpe’ do STF e diz não ter medo de ser preso: ‘Poder emana do povo’ 
Fonte:  Gospel+, TIAGO CHAGAS. —  Publicado no  CN em 18.jun.2020.   

Brasil | O pastor Silas Malafaia subiu o tom nas críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF) e afirmou que não tem medo de ser preso por se posicionar contra os ministros que compõem o colegiado constitucional.

Desde que o inquérito das fake news foi aberto pelo presidente da Corte, Dias Toffolli, e que o ministro relator, Alexandre de Moraes, passou a determinar diligências com mandado de busca e apreensão apenas contra apoiadores do governo, o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) vem se posicionando de forma contrária ao STF.

No final de maio, antes da atual ofensiva de Moraes, Malafaia já o havia repudiado, afirmando que o ministro havia se tornado o “imperador do Brasil” que não aceita críticas: “Pode criticar Deus, diabo, pastor, padre, político. Não tem problema. Mas, se criticar o Supremo, eles estão acima da trindade divina”.

Agora, Malafaia voltou a abordar o assunto, visto que a iniciativa do STF se mantém, agora com quebra de sigilo bancário de parlamentares. “Hebreus 13-6: ‘Ousemos com confiança dizer: o Senhor é o meu ajudador, não temerei o que me possa fazer o homem’. Não tenho medo do diabo, o que dirá de homem. Escute bem: se eu for preso pelo que vou falar aqui, vou com alegria e prazer, porque estou defendendo o meu país e a Constituição brasileira”, disse o pastor.

“O STF já está dando um golpe no Brasil, e isso com o apoio da grande mídia, capitaneado pela Rede Globo, que quer derrubar Bolsonaro porque perderam bilhões e bilhões de verbas”, afirmou Silas Malafaia, acrescentando que vê “omissão do presidente do Senado, do presidente da Câmara e da OAB”.

VEJA TAMBÉM:
Malafaia dispara contra ‘golpe’ do STF e diz não ter medo de ser preso...
Pernambuco: Governador Paulo Câmara anuncia a retomada dos cultos das igrejas
Psicóloga acusa app de fazer apologia à ideologia de gênero 
Para retomar cultos, cristãos devem louvar o presidente Xi Jinping, exige governo
Pastor transforma igreja em bar, após autoridades dificultarem realização de cultos
+ ‘Deus falou comigo’, diz médico que foi internado por Covid-19 e achou que morreria
Uma ameça real. 2020 vai além de 1984: A profecia de Orwell
CINEMA: A oração do filme Quarto de Guerra, contada por Molly Bruno

A ênfase de Malafaia é que o STF estaria violando liberdades constitucionais ao cercear a expressão e produzindo um arroubo jurídico ao se colocar como vítima e ao mesmo tempo, investigar, acusar e julgar os supostos culpados.

No Twitter, o pastor da ADVEC também reiterou suas reclamações: “Quando acabar essa votação do inquérito ilegal, imoral, um verdadeiro atentado ao Estado democrático de Direito, vou publicar um vídeo de arregaçar! Só quem tem liberdade de expressão para falar o que quiser. SÃO OS DITADORES DA TOGA!”, escreveu.

Em outro tweet, o pastor resgatou o enunciado da Carta Magna: “POVO BRASILEIRO E MINISTROS DO STF! O poder emana do povo, que exerce por meio de representante eleitos ou diretamente nos termos dessa Constituição (art 1º parágrafo único da CF). EMANA DO POVO! NÃO EMANA DO STF! Esse inquérito ilegal rasga, também, a constituição”.

“O senhor Alexandre de Moraes é um tirano e ditador, escondido na toga, criou o seu próprio aparato de investigação e inteligência, nesse inquérito, usurpando da PF, a atribuição dada pela constituição (art 144) q é o órgão competente para investigar”, acrescentou Malafaia.






Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Postar um comentário

0 Comentários