Redes Sociais

Header Ads

Cristãos distribuem 500 marmitas por dia para famílias em isolamento na pandemia

  Pessoas de baixa renda tem sofrido maior impacto com com os impactos da pandemia. —  Foto/Reprodução.  


Cristãos distribuem 500 marmitas por dia para famílias em isolamento na pandemia
Fonte:   Gospel+, WILL R. FILHO   —  Publicado no  CN em 07.jun.2020.  


Solidariedade — A pandemia do novo coronavírus pegou todos de surpresa esse ano. Quem poderia imaginar que passaria praticamente o primeiro semestre de 2020 em isolamento?

Assim que começou o isolamento social, a perspectiva inicial foi de medo e angústia, pois o reflexo de ter um país inteiro parado não traria bons resultados, prejudicando muitas famílias.  
  
O isolamento trouxe consigo suas marcas, entre elas a falência de algumas empresas, o desemprego e a fome. Pessoas de baixa renda tem sofrido maior impacto com essas mudanças.

Assim, algumas igrejas tem se mobilizando para prestar serviço em algumas comunidades. É o exemplo de um grupo de voluntários cristãos que distribui diariamente 500 marmitas no bairro de Brasilândia, em São Paulo.

No estado, o período da quarentena já ultrapassou 2 meses, e segundo relatos de algumas mães elas só conseguiriam suportar até 30 dias a quantidade de recursos necessários para abastecer suas casas, segundo o Notícias Adventistas.

VEJA TAMBÉM:
China faz demolição de igrejas à medida que o cristianismo avança, diz relatório 
Morte de cantora negra por covid-19 vira chacota por ela ser cristã
Inquérito das “fake news” é baseado em acusada de fake news  
Bolsonaro vai fazer live com pastores em oração pelo Brasil
Pastor lidera multidão em queima de máscaras: ‘Deus não se agrada de medrosos’
Trump assina ordem executiva para promover liberdade religiosa em todo o mundo  
Cristão ex-muçulmano é incendiado na Costa do Marfim
Cristãos são presos durante demolição de igreja no Egito
Moisés teve episódios de depressão por sua personalidade melancólica
Covid-19: Brasil já é o segundo com maior número de curados

Essa ação solidária tem sido realizada pela Igreja Adventista no bairro da Freguesia do Ó, em parceria com a Ação Solidária Adventista (ASA), junto com o Sesi-Sp.

“As comunidades mais carentes da nossa região estão sofrendo muito neste momento, pois muitas pessoas perderam os empregos ou não conseguem continuar a atividade informal. Estão de mãos atadas”, explica Jair Miranda, diretor da Ação Solidária Adventista (ASA) para a zona leste e norte da capital paulista.

O grupo de voluntários faz as retiradas das marmitas no bairro do Ipiranga, onde são preparadas por voluntários no Sesi. Eles procuram fazer a retirada das refeições em tempo hábil para a entrega, uma vez que a distância entre idas e vindas é de 40km.

“Por volta do meio-dia chegamos na comunidade e as pessoas já começam a fazer fila para receber as marmitas. Para alguns ali, esse alimento vai ser a única refeição do dia. Então, quando é possível, alguns também levam marmitas para a janta”, relata Everaldo Carlos, pastor na região da Freguesia do Ó.

A iniciativa é mais uma entre muitas ações de solidariedade que partem das igrejas, servindo para demonstrar o quanto o amor de Cristo é abundante e presente nos momentos mais difíceis da vida.






Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Postar um comentário

0 Comentários