Redes Sociais

Header Ads

Mogi: quatro unidades de saúde receberam inscrições para agentes comunitários

Os pré-requisitos para a seleção são: morar há pelo menos um ano na área de abrangência da unidade, possuir ensino fundamental completo, ser maior de 18 anos e ter conhecimento básico de informática —  Foto/Reprodução.  


Mogi: quatro unidades de saúde receberam inscrições para agentes comunitários.
Fonte:  Século Diário, Fernando Couzemenco  —  Publicado no  CN em 22.jun.2020. 

Agentes de Saúde Moradores de Biritiba Ussu, Taiaçupeba, Jardim Planalto e Jardim Aeroporto II interessados em trabalhar como agentes comunitários de saúde poderam se inscrever nos dias 19 e 22 de junho.

Os pré-requisitos para a seleção são: morar há pelo menos um ano na área de abrangência da unidade, possuir ensino fundamental completo, ser maior de 18 anos e ter conhecimento básico de informática.

As inscrições para as unidades de Saúde de Biritiba Ussu e Taiaçupeba foram realizadas na sexta-feira, 19, enquanto para o Jardim Planalto e Jardim Aeroporto II, na segunda-feira, 22.

O processo seletivo será realizado pelo Cejam – Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim, organização social vencedora do chamamento público para o gerenciamento das unidades.

VEJA TAMBÉM:
Apenas 62% da população capixaba é atendida por agentes comunitários de saúde
Dois dias acompanhando o trabalho dos Agentes de saúde na linha de frente  
Agentes de saúde de SP enfrentam de desinformação a baile funk no combate ao vírus
TCU pede a Saúde oitiva de responsáveis por contrato suspeito da gestão Mandetta
O Drama sul-coreano  envolvendo um Agente de Saúde, foi lançado no Netflix 
Heróis da linha de frente: Agentes de Saúde são fundamentais no combate à Covid-19
PE: SINDACS atendimento jurídico aos ACS/ACE do Agreste será retomado em julho
Porto Alegre: Abertas inscrições para agente comunitário e de combate às endemias
Os obstáculos de uma agente de saúde transplantada no combate ao coronavírus  
Paraná: Curitiba tem a menor cobertura de agentes comunitários de saúde em 10 anos
Piauí: Prefeito entrega tablets para agilizar trabalho de Agentes Comunitários de Saúde  

O objetivo é ampliar o atendimento nestas unidades em função da localização distante, característica rural ou pelo crescimento populacional e garantir facilidade de acesso das comunidades aos serviços de saúde.

Ao longo de 2020, Mogi das Cruzes pretende ampliar em 33% o número de equipes de Estratégia Saúde da Família e Agentes Comunitários na cidade, passando de 15 para 20.

Uma das principais vantagens será o incentivo aos cuidados preventivos de saúde, mas as mudanças também atendem à portaria do Ministério da Saúde, que altera o sistema de financiamento para a Atenção Básica em função do número de pacientes cadastrados pelas unidades de saúde, trabalho desempenhado pelos agentes comunitários de saúde em suas visitas domiciliares.

 


Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 







Postar um comentário

0 Comentários