Redes Sociais

Header Ads

Avó de Michelle Bolsonaro tem piora e usa máscara de oxigênio, com suspeita de covid-19

A primeira-dama Michelle Bolsonaro durante lançamento da Campanha de Conscientização e Enfrentamento à Violência Doméstica, no Palácio do Planalto, em Brasília. —  Foto/Reprodução/Marcos Corrêa/PR.

Avó de Michelle Bolsonaro tem piora e usa máscara de oxigênio, com suspeita de covid-19
Fonte:  Correio Braziliense. —   Publicado no  CN em 02.jul.2020. 

Brasil | Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 79 anos, está no grupo de risco das infecções e apresentou dificuldade respiratória. Usando máscara de oxigênio, idosa foi transferida do HRC.

A avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro apresentou piora no quadro de saúde na tarde de quarta-feira (1/7) e precisou usa máscara de oxigênio. Com dificuldade respiratória e suspeita de coronavírus, Maria Aparecida Firmo Ferreira, 79 anos, passou por exames no Hospital Regional de Ceilândia (HRC) pela manhã.


Idosa foi transferida do HRC no começo desta tarde. —  Foto/Reprodução/TVBrasilia.

Uma tomografia mostrou opacidades em vidro fosco do tórax, algo que paralisa o pulmão e pode ser indicativo da infecção, segundo fonte ouvida pelo Correio. Os primeiros resultados mostraram a necessidade do uso de máscara de oxigênio. Ainda não há confirmação da doença. 

VEJA TAMBÉM: 
Quarta onda de gafanhotos no Quênia deve ser oito mil vezes maior que anterior
+ ‘PL das fake news’ foi articulado às pressas por políticos oportunistas.
Secretária de Saúde do AM é presa em operação da PF que apura desvio de compras
COVID-19: Impactos psicológicos e ocupacionais causados pela Pandemia 
Por ‘segurança nacional’, Índia decide banir aplicativos chineses 
Maranhão: Prefeitura realiza entrega de equipamentos para Agentes de Saúde
Abono PIS/Pasep libera saques de R$ 88 a R$ 1.045
+“Homem Pateta” é investigado pelo Facebook após denúncias
Santa Catarina confirma 24.364 casos e 312 mortes por Covid-19 
Aluna de Sérgio Moro assume culpa por plágio em artigo

Fatores como a idade avançada e enfermidades preexistentes pioram um possível quadro de contaminação pela covid-19, deixando a paciente mais sensível às enfermidades. Por isso, médicos e pessoas ligadas à neta, Michelle, consideraram a necessidade de uma transferência do HRC para uma outra unidade de saúde, não divulgada. 

A principal queixa de Maria Aparecida é falta de ar. A idosa chegou a cair na rua de casa pela manhã e foi socorrida por vizinhos. Ela estava se sentindo mal desde a tarde de terça-feira (30/6), quando procurou a farmácia, mas não encontrou um profissional da área e voltou sem medicações. 

 


Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 



Postar um comentário

0 Comentários