Redes Sociais

Header Ads

Fiocruz divulga uma Nota Técnica sobre os direitos dos Agentes Comunitários de Saúde

 Nota Técnica publicada pela Fiocruz potencializa a necessidade de proteção à saúde e direitos dos agentes comunitários de saúde. —  Foto/Reprodução/ilustrativa/jan2020.

Fiocruz divulga uma Nota Técnica sobre os direitos dos Agentes Comunitários de Saúde
Publicado no Conexão Notícia em 24.jul.2020. 

Brasil | Fiocruz  divulgou nesse mês de julho um Nota Técnica sobre trabalho seguro, proteção à saúde e direitos dos Agentes Comunitários de Saúde no contexto da pandemia de Covid-19.

As questões objeto dessa Nota Técnica foram divididas em dois grupos: O primeiro abrange contraposições às ações discriminatórias sofridas pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) quanto à garantia dos direitos associados ao trabalho e aos argumentos que buscam sustentá-las;

O segundo enfoca a organização do trabalho do ACS na vigência das condições sociossanitárias decorrentes da pandemia de Covid-19.

VEJA TAMBÉM:
Municípios receberão até R$ 500 milhões por desempenho nos serviços da AP
Relatos da vida de um Agente Comunitário de Saúde
Fortaleza/CE: Sai listagem dos ACS/ACE que terão Licença Prêmio
SINDACS/PE realiza agenda com a gestão municipal de Vitória de Santo Antão
A prefeitura de Salvado entrega fardamento sem condições de uso aos ACS
Ministério da Saúde requer que em agosto a cobertura do cadastramento seja de 70% 
MS: Secretaria de Saúde entrega kit de uniformes a Agentes de Saúde (ACS/ACE) 
BRASIL: Agentes comunitários e de Combate às Endemias são beneficiados por nova
MT:  define ações de qualificação técnica, insalubridade e gratificação dos  ACS/ACE 
BAHIA:  ACE/ACE manifestam impacto com óbito de colega de trabalho
SC: Secretaria de Saúde alerta sobre pessoas que se passam por Agentes de saúde 

Para as entidades sindicais esse material só reforça o que a categoria vem solicitando desde o início dessa Pandemia, ou seja:

1. O reconhecimento dos ACS como trabalhadores da saúde.

2. O fornecimento dos EPIs visto que eles ACS atuariam na linha de frente do combate à Covid-19.

3. Os ACS não seriam trabalhadores da saúde e, por isso, não teriam direito ao afastamento remunerado do trabalho ou à licença remunerada.

Para o Coordenador Aldenilson e de suma importância a divulgação dessa nota para a categoria contribuir neste debate amplo, e relatar as diversas ações discriminatórias quanto à garantia dos direitos dos ACS.

Nos ACS integramos o SUS desde 1991, atuando no campo da Atenção Básica, em específico na Estratégia Saúde da Família (ESF).

CLIQUE AQUI E LEIA NA INTEGRA A NOTA TÉCNICA.

Fonte:  SINDACS/BA



Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 


Postar um comentário

0 Comentários