Redes Sociais

Header Ads

Policial militar com arma em punho ameaça agente comunitário de saúde em barreira sanitária

A confusão foi gravada em meio ao bate-boca com o agente comunitário e o militar—  Foto/Reprodução.

Policial militar com arma em punho ameaça agente  comunitário de saúde em barreira sanitária
Publicado no Conexão Notícia em 08.ago.2020.  

Agentes de Saúde |  Imagens que circulam nas redes sociais mostram um policial militar com uma arma em punho, acusado de ameaçar um agente comunitário de saúde, em Aratuípe. 

A confusão foi gravada em meio ao bate-boca com o agente comunitário. O caso foi registrado por um morador incomodado com a perturbação ao  sossego e ao trabalho, já que o agente comunitário trabalhava em uma barreira sanitária do município. 

”Possuo compromisso com a sociedade e pauto pela ética, probidade e respeito ao Estado de direito”, completou. 

O JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, em atendimento com as diretrizes da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde (uma rede de voluntários formada por agentes comunitários de saúde e de combate às endemias) tem alertado sobre o desvio de função dessas categorias e os riscos que isso representa. 

VEJA TAMBÉM: 
BAHIA: óbito de mais um Agente de Combate às Endemias em Salvador 
Projeto permite que servidores contem em dobro tempo de serviço durante pandemia
Agente de saúde é recebido com festa após sobreviver a Covid-19
Agentes comunitários de saúde recebem novos uniformes e materiais de trabalho
Prefeitura de Cuiabá é condenada a pagar R$ 100 mil de indenização por dano moral
A importância estratégica dos Agentes de Combate às Endemias
SINDACS/AL: Movimento Unificado de Servidores realiza ato contra "PL do Calote"
PB: Agentes comunitários da Saúde recebem novos fardamentos e Kit's
Prefeitura dobra número de agentes na busca ativa de covid-19 em Teresina
VIOLÊNCIA: Agente de Endemias é assassinado de forma brutal em Salvador

"Nem o ACS e nem o ACE estão habilitado profissionalmente para o enfrentamento dos perigos das barreiras sanitárias, quer em período de pandemia, imposta pela Covid-19 ou mesmo fora desse período. O trabalho dessas duas categorias está estabelecido na Lei Federal 11.350/2006. Com as emendas estabelecidas ao longo de mais de uma década. A imposição da atividade desses agentes em barreira sanitária, sem dúvida alguma, fere de foma absurda o que estabelece a Constituição Federal. As entidades representativas dos agentes estão com a oportunidade de lutar pela garantia do que estabelece as prerrogativas constitucionais," declarou Samuel Camêlo - coordenador nacional da MNAS.

Com informações da Gazzeta do Recôncavo/TV SAJ,  Antonio Mascarenhas
Foto: divulgação redes sociais. 




Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 


Postar um comentário

0 Comentários