Header Ads


Ex-SuperNanny aconselha mães a educar com princípios bíblicos.

     Cris Poli, ex-SuperNanny Brasil. —  Foto/Reprodução/SBT.

Ex-SuperNanny aconselha mães a educar com princípios bíblicos. 
Publicado no Conexão Notícia em 21.maio.2024Atualizado em 12.junho.2024.

Mundo Cristão Para Cris Poli, ter uma maternidade mais leve “é difícil, porém é possível”. 
 
Na perspectiva cristã, a maternidade é vista como uma bênção, mas também um caminho repleto de desafios que exigem fé, paciência e sabedoria. Cris Poli, ex-SuperNanny Brasil, aborda a educação dos filhos sob esse olhar espiritual, ressaltando a importância da orientação baseada nos ensinamentos bíblicos.

A mãe nasce junto com o filho e o amor de um para o outro vai se desenvolvendo desde o ventre materno e ganhando força ao longo da vida”, comenta Cris Poli, que tem 3 filhos, 5 netos e um bisneto, e é coordenadora educacional, na Escola do Futuro Brasil (EDF).

Segundo Priscila Moraes, que também é coordenadora na EDF, as mães oferecem aos filhos um conforto para a vida. 
-
-
“Ter alguém que te ajude a se tornar ou não um ser humano social e amoroso, passa muito por como as mães educam os filhos. Elas têm um poder, que vem junto com a sentença: ‘A minha mãe falou’. E, essa fala, carregamos por toda a vida. Como mãe de 4 filhos, psicopedagoga e estudante de psicanálise, hoje eu entendo o quanto é necessário rever a nossa própria criação e alguns ‘a minha mãe falou’, que ficaram guardados lá no inconsciente, já que elas são humanas, e nem tudo que foi feito ou falado faz bem aos filhos. Contudo, a sociedade sempre quer deixar as mães em um pedestal, o que paradoxalmente, torna esse papel ainda mais difícil. Não podemos errar. E, como não errar, se somos humanas, demasiadamente humanas?”, comenta. 

Maternidade e paternidade equilibrada

Segundo Cris Poli, embora as mães tenham grande influência na criação dos filhos, é preciso que a responsabilidade da educação seja compartilhada com os pais.

“O pai deve ser uma presença forte e precisa assumir a liderança como orienta a Bíblia, orientar, estabelecer o caminho e a base para seus filhos crescerem, serem autônomos e terem habilidade para resolver os problemas. Isso é como deveria ser, é o que a Palavra de Deus orienta, mas infelizmente o mundo tem desvirtuado esse posicionamento do homem”, avaliou.

“Cabe aos pais colaborarem o máximo possível, se organizando e participando mais na dinâmica familiar. As mães também devem incluir esses pais nas atividades e tarefas de casa e com as crianças, para que se envolvam ativamente em tudo que está relacionado à família, à vida e à educação dos filhos”, acrescenta.
-
-
O apoio da escola

Devido às inúmeras demandas que cercam a mãe, ter uma boa rede de apoio pode fazer toda a diferença. 

“A escola faz parte dessa rede, que consegue amparar com algumas das responsabilidades. Principalmente com as crianças menores, que são cuidadas neste ambiente escolar, dando um respiro para as mães ficarem um pouco mais livres para outras atividades. Deixar seu filho em um lugar onde está sendo cuidado e amado, faz toda a diferença para aliviar o peso maternal. Receber notícias de quando algo acontece, um lembrete do que pode ser feito para ajudar em determinada situação, feito em parceria, acolhe o coração”, explica Priscila, que é coordenadora do infantil da EDF. 

Já Cris Poli reforça a importância de a escola ser parceira da mãe e da família: “A função educacional da instituição é importante, pois a criança precisa compartilhar dos mesmos princípios da família, ter o mesmo olhar, um cuidado semelhante, para que o estudante não fique dividido em direcionamentos diferentes. As crianças e os adolescentes são beneficiados quando há um alinhamento entre escola e família, sem medo. Essa colaboração é fundamental. Porém, nem todas as escolas fazem isso, por isso, a escolha da instituição deve ser criteriosa”.  

Para Poli, ter uma maternidade mais leve “é difícil, porém é possível”. 

“Todas as crianças precisam da mãe, mas também precisam do pai, dos parentes e da escola, pois o afeto é básico para educar, para corrigir, para disciplinar e orientar. Já a mãe tem um papel fundamental e intransferível nisso, pelo vínculo de nascimento que tem com os filhos”, completa. 


As informações são do GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA DE IMPRENSA.

Edição Geral: CN.

Publicação
CN - Conexão Notícia - www.cnoticia.com.br.
-
-
****************************************************
Minha Gestação: Mães lançam cards com declarações bíblicas para abençoar o bebê
     Tatiane Joslin e Fabiola Melo. —  Foto/Reprodução/Divulgação.

 Publicado no Conexão Notícia em 09.abril.2024 Atualizado em 07.maio.2024.

Mundo Cristão As pastoras Tatiane Joslin e Fabiola Melo reuniram pontos chaves da Bíblia para as 40 semanas de gravidez. 
 
Para muitas mulheres, gerar uma nova vida é um momento repleto de realizações no seio familiar. É pensando nesta fase da maternidade que as pastoras Tatiane Joslin e Fabiola Melo lançam “Minha Gestação”.
A obra reúne 40 cards com declarações bíblicas para abençoar a vida do bebê ainda no ventre.

As mensagens interativas correspondem a cada semana de gestação, mas a proposta vai além da leitura para o bebê no ventre, elas também podem ser lidas para crianças de diferentes idades.

Assim como uma forma de conectar espiritualmente as mães aos seus filhos após o nascimento.
-
-
Esta novidade publicada pela Editora Vida tem como objetivo transmitir fé para o bebê, além de mostrar a importância de nutrir e proteger a vida. 

Para isso, as autoras trazem frases e versículos que esclarecem a fé e profetizam bênçãos para o bebê durante a gestação:

1. “Você é um filho amado com amor eterno” – O senhor lhe apareceu no passado dizendo: Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atraí. Jeremias 31.3;

2. “Você será próspero e bem-sucedido em tudo” – O Senhor enviará bênçãos aos seus celeiros e a tudo que as suas mãos fizerem. O Senhor, o seu Deus, as abençoará na terra que dá a vocês. Deuteronômio 28.8;

3. “Você será forte e corajoso” – Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar. Josué 1.9;

4. “Você é mais do que vencedor” – Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Romanos 8.37;

5. “Deus está preparando grandes coisas para você” – Todavia, como está escrito: olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam. 1Coríntios 2.9.

Sobre as autoras: Tati Joslin é casada e tem três filhos. Pós-graduada em Neurociência, Educação e Desenvolvimento Infantil, atua como pastora na Igreja Renovo e mentora de mães, tendo alunas em 32 países. Ajuda mais de 500 mil pessoas com seu conteúdo, que tem como objetivo equipar famílias para educar os pequenos com a graça de Deus.

Fabiola Melo é palestrante, youtuber, influencer e pastora na Believe Church em Maceió, igreja que fundou com o marido, Samuel Cavalcante. Foi tentante por muitos anos, e depois de perder três gestações, está vivendo o milagre da maternidade com a chegada de seu filho Efraim.
-
-
Sobre a editora: A Editora Vida oferece títulos nas áreas infantil, jovem, relacionamentos, espiritualidade, vida cristã, ficção, acadêmicos e bíblias. Com enfoque contemporâneo e respeito a obras clássicas, promove o crescimento espiritual do leitor. Com mais de 60 anos de destaque na publicação e venda de literatura cristã, também se firma como relevante distribuidora de Bíblias, em diversas versões, edições especiais e traduções inéditas.


As informações são do GUIAME.

Edição Geral: CN.

Publicação
CN - Conexão Notícia - www.cnoticia.com.br.
-
-
****************************************************
Mulher trata câncer em fase inicial após ser avisada em sonho: “Deus falou comigo” 

     Georgia Aegerter. —  Foto/Reprodução/Site Mulher Cristã.

Publicado no Conexão Notícia em 08.abril.2024.

Mundo Cristão Georgia Aegerter creu na revelação do Senhor e fez uma mamografia, que a diagnosticou com câncer de mama agressivo.

A cristã Georgia Aegerter, de 63 anos, testemunhou como foi livrada de um câncer agressivo após ser avisada por Deus em sonhos.

A brasileira é casada com um alemão e mora na Alemanha há mais de 30 anos. O casal congrega na Igreja Batista no país.

Em entrevista ao site Mulher Cristã, Georgia contou que dois anos antes de ser diagnosticada com câncer de mama, teve sonhos que revelaram que ela estava com a doença.

Então marquei o meu médico para fazer uma mamografia. Nada foi achado, mas eu fiquei atenta”, lembrou ela.

No ano seguinte, em 2021, Georgia repetiu o exame novamente e o resultado foi o mesmo. “Meu médico nada achou e me disse que deveria ficar tranquila. Mas eu sabia o que tinha sonhado”, disse.

A cristã começou o ano de 2022 fazendo um propósito de oração, pedindo que o Senhor mostrasse nos exames o que ela tinha.
-
-
Ouvindo o Espírito Santo

Poucos dias depois, Georgia foi guiada para marcar a próxima mamografia. “Eu estava fazendo o almoço quando eu ouvi o Espírito Santo falar: ‘pegue o telefone agora e ligue para o teu médico e peça uma mamografia’”, relatou.

“Quando eu disse ao médico que eu queria fazer uma mamografia, ele me disse que seria impossível, o meu plano não iria me liberar, pois ainda faltavam oito meses para a próxima. Então eu disse: Eu pago, porque Deus falou comigo que eu deveria fazer imediatamente uma mamografia”.

Desta vez, os exames da mulher mostraram uma alteração. “É um câncer muito pequeno de seis milímetros. A operação será bem favorável à senhora, pois com este tamanho não será preciso retirar o seio e por estar em estado bem novo com certeza a senhora não passará pela quimioterapia, mas uma radioterapia vai bastar”, informou o médico.

Então, Georgia foi à consulta com as duas médicas que fariam a cirurgia. “Elas queriam saber como eu percebi o câncer tão pequeno e aí dei o meu testemunho”, comentou.

Livramento de Deus

Após passar por uma biópsia, a equipe médica descobriu que o câncer da cristã era agressivo, mas, graças ao diagnóstico precoce, poderia ser tratado com quimioterapia e radioterapia.

“Se eu tivesse esperado os oito meses para a próxima mamografia eu teria metástase, o que eu não tive, graças a Deus!”, ressaltou Georgia.

Ela passou pelos tratamentos durante meses e pode testemunhar o cuidado de Deus durante a provação.

Durante as sessões de quimio e radioterapia, a cristã aproveitou a oportunidade para pregar o Evangelho a outros pacientes.

“Eu tive também os meus altos e baixos. Tive depressão pelo caminho, cobrei muito a presença do meu marido para estar comigo, foi muito difícil confrontar isso, mas também eu sabia que o Senhor estava fazendo algo tremendo em todos nós”, confessou ela.
-
-
Depois de um ano da cirurgia, Georgia ficou completamente livre do câncer. “Quando o médico olhou a nova mamografia comparando com a outra de um ano atrás disse admirado: ‘Eu nem sei o que lhe dizer a não ser dar os parabéns. As suas glândulas estão tão saudáveis, como se a senhora nunca tivesse tido um câncer”, contou a mulher.

E declarou: “O Senhor é bom o tempo todo. Ele não nos deixa sozinha. Mesmo que o resultado não seja favorável para algumas, o Senhor está conosco o tempo todo”.


As informações são do GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE SITE MULHER CRISTÃ.

Edição Geral: CN.

Publicação
CN - Conexão Notícia - www.cnoticia.com.br.

****************************************************
Tecnologia do Blogger.