Redes Sociais

Header Ads

Deputada Carla Zambelli (PSL-SP) vai depor sobre acusações de Moro na próxima 4ª feira (13)

 A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) em entrevista concedida no estúdio do Poder360. —  Foto/Reprodução Sérgio Lima/Poder360.


COMÉRCIO / CORONAVÍRUS: Setor representativo do comércio alerta que o Governo do Estado pressiona para o fechamento das lojas em Eunápolis
Fonte: PODER360  —  Publicado no CN - Conexão Notícia em 08.maio.2020.

Falará em inquérito contra Bolsonaro.

Deputada trocou mensagens com Moro

Pediu para ex-juiz aceitar troca na PF

Congressista teve mensagens trocadas com Moro sobre episódio envolvendo troca no comanda da PF divulgadas na mídia.  

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) vai depor à Polícia Federal na 4ª feira (13.mai.2020) no inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal sobre as acusações feitas pelo ex-ministro Sergio Moro contra o presidente Jair Bolsonaro. A informação foi publicada nesta noite pelo jornal O Estado de S.Paulo.

O ex-juiz deixou o governo no fim de abril acusando o chefe do Executivo de “interferência políticas” na PF.

Moro divulgou mensagens trocadas com a deputada, de quem é padrinho de casamento, sobre o episódio.

Nelas, a deputada diz: “Por favor, ministro, aceite o Ramage”, numa referência a Alexandre Ramagem, nome que Bolsonaro tentou colocar no comando da Polícia Federal, mas foi barrado pelo Supremo.


Veja também:
Emenda garante: equipamentos de proteção e testagem aos agentes de saúde
Agentes Comunitários de Saúde recebem treinamento para uso de tablets
O Dia Internacional da Cruz Vermelha é celebrado em 8 de maio
75 anos depois: o dia que as tropas nazistas se renderam
Vereadores aprovam alteração de regime jurídico de Agentes de Saúde em Simões Filho
Agentes comunitária de Saúde de Senharó se despedem de colega 
STF decide que Covid-19 pode ser considerada doença ocupacional
Senado aprova por unanimidade ajuda a estados e municípios
Teich diz que fechamento total é medida recomendável em cidades em situação crítica
Brasil está entre os 10 países com mais curados da Covid-19 
UNA: Medidas de proteção no manejo da COVID-19 na Atenção Especializada 
Profissionais da Saúde levam a Prefeitura de Maceió ao MPT por falta de EPI's  
Medidas de proteção no manejo da COVID-19 na Atenção Especializada
BAHIA: Surto de covid em Unidade de Saúde, 64 funcionários foram infectados
Agente de saúde pede socorro, em vídeo que denuncia a prefeitura de Coelho Neto 

Parte da deputada a proposta para que Sergio Moro aceite a mudança na PF em troca da nomeação dele para o Supremo Tribunal Federal. “E vá em setembro pro STF”, enviou a congressista. “Eu me comprometo a ajudar”, acrescentou. “A fazer JB prometer”, completou, em referência às iniciais de Jair Bolsonaro.

“Prezada, não estou à venda“, responde Moro.



O processo foi aberto pelo STF para apurar as declarações feitas pelo ministro. Além de Zambelli, devem ser ouvidos nos próximos dias sobre a suposta interferência de Bolsonaro na PF:

Walter Braga Netto – ministro da Casa Civil;
Luiz Eduardo Ramos – ministro da Secretaria de Governo;
Augusto Heleno – ministro do Gabinete de Segurança Institucional;
Maurício Valeixo – ex-diretor-geral da PF demitido por Bolsonaro;
Alexandre Ramagem – 1ª opção do presidente para substituir Valeixo;
Ricardo Saadi – ex-superintendente da PF no Rio, exonerado em agosto;
Carlos Henrique de Oliveira Sousa – recém indicado para diretor-executivo da PF;
Alexandre Saraiva – superintendente da PF no Amazonas;
Rodrigo Teixeira, superintendente da PF em Minas Gerais à época da investigação da facada contra Bolsonaro.



Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 




Postar um comentário

0 Comentários