Redes Sociais

Header Ads

Pela primeira vez cristãos evangélicos são maioria em El Salvador, diz pesquisa

 A empresa perguntou aos entrevistados em que religião eles nasceram e qual fé eles praticam atualmente. —  Foto/Reprodução/CBN News.  


Pela primeira vez cristãos evangélicos são maioria em El Salvador, diz pesquisa
Fonte: Guiame/ Com informações do El Mundo e CBN News —  Publicado no  CN em 10.jun.2020.   

Gospel — O CID Gallup aponta que 44% dos salvadorenhos se identificam como evangélicos e 38% como católicos. 

El Salvador é um país de maioria declaradamente cristã. Atualmente, essa população está dividida entre católicos e evangélicos na nação da América Central com 6,5 milhões de habitantes.

Para saber a proporção de fiéis entre as duas linhas, uma pesquisa CID Gallup realizada em El Salvador que avaliou a gestão do governo e o presidente de El Salvador, incluiu perguntas sobre religião praticada entre a população. O objetivo, segundo a empresa, foi levantar outros temas de importância social dentro do projeto do país.

A empresa perguntou aos entrevistados em que religião eles nasceram e qual fé eles praticam atualmente. "Do número total de adultos, quase três em cada cinco dizem ter nascido sob liderança católica", diz o pesquisador, mas ressalta que "os evangélicos são a religião preferida dos salvadorenhos".

Em seu relatório final, o CID Gallup diz que "é interessante ver a perda dos fiéis do catolicismo ao longo dos anos e saber que, enquanto 66% daqueles com mais de 40 anos nasceram católicos, entre aqueles com menos de 24 anos, apenas 38% o fizeram".

Um dos pontos da pesquisa aponta que "a igreja católica perdeu 17 por cento dos seus fiéis, passando a ser a número dois dos salvadorenhos".

Atualmente, 44 por cento de salvadorenhos se identificam como evangélicos, 38 por cento como católicos e 3 por cento de outras religiões. 15 por cento diz não saber ou que está em conflito sobre o tema.

VEJA TAMBÉM:
ENTREVISTAS: O cristão deve estar na política para servir à sociedade, ensina pastor 
Falta de liberdade para falar de Jesus é o maior sofrimento de cristãos perseguidos 
Marido de Fabiana Anastácio lembra de última conversa 
Pastor vence processo contra mulher que lhe chamou de “homofóbico” após comentário 
Cristãos são privados de ajuda na pandemia, no Vietnã: “Seu Deus cuidará de vocês” 
Mais de 20 cristãos foram queimados vivos em ataque terrorista brutal em aldeia
Cristãos distribuem 500 marmitas por dia para famílias em isolamento na pandemia 
Igrejas já vão reabrir no Distrito Federal, após meses fechadas na pandemia
China faz demolição de igrejas à medida que o cristianismo avança, diz relatório 
Morte de cantora negra por covid-19 vira chacota por ela ser cristã
Inquérito das “fake news” é baseado em acusada de fake news  

A empresa responsável pela pesquisa perguntou qual a "religião" e "qual é a profissão de fé atualmente".

El Salvador é um dos países mais pobres da América Latina. A Igreja Evangélica salvadorenha é reconhecida por suas ações sociais: entrega de alimentos básicos, ajuda a vítimas de tragédias e aos doentes.

"Nossa batalha, diz a palavra, não é contra sangue e carne, mas contra reviravoltas espirituais do mal e temos que trabalhar para que o evangelho avance: a palavra de Deus", diz Jorge Aguirre, pastor da Igreja Gamaliel.

"Se promovêssemos amor entre casamento, respeito conjugal, não-divórcio, respeito pelos filhos e respeito por nossos filhos, poderíamos catapultar nossa sociedade para a próxima geração para ter um grande desenvolvimento em nosso país", diz o pastor Numa Rodezno.




Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Postar um comentário

0 Comentários