Redes Sociais

Header Ads

Ministério da Saúde adia o prazo para que o Agentes de Saúde cadastre a população.

 General Eduardo Pazuello. —  Foto/Reprodução/Maryanna Oliveira.

Ministério da Saúde adia o prazo para que o Agentes de Saúde cadastre a população.
Fonte: Prefeitura de Jitaúna, Neilton Brito. —   Publicado no  CN em 07.jul.2020. 

Agentes de Saúde |  Através da portaria 1.696 de 3 de julho de 2020, o Ministério da Saúde adia o prazo para o cadastramento dos usuários do SUS, promovido pelos Agentes Comunitários de Saúde de todo o Brasil.

O novo financiamento da Atenção Primária, implementado pelo governo vem com o objetivo de alterar a forma de repasse que antes era realizado pelo quantitativo total da população. Agora, com o novo modelo adotado pelo Ministério da Saúde, passa a ser pelo quantitativo de pessoas cadastradas no SUS - Sistema Único de Saúde.



O Ministério da Saúde havia estabelecido um prazo para o cadastramento, inicialmente até abril de 2020, contudo, diante da pandemia do novo coronavírus, o prazo foi ampliado para 30 de julho. E mais uma vez, em face do quadro envolvendo a Covid-19, o prazo foi novamente ampliado para  31 de Agosto.

Análise importante 

Mesmo com o Ministério da Saúde tendo  adiado o cadastramento de 100% da população, contudo, determinou que em agosto a cobertura do cadastramento deve ser de 70%. 
Compreende-se que possa haver novas mudanças, a depender da dinâmica que envolve a Pandemia da Covid-19. Não há como termos uma definição, algo absoluto. Não nesse momento.
Para acessar a Portaria n.º 1.696 de 3 de julho de 2020, clique AQUI!

VEJA TAMBÉM:
Agentes de combate às endemias viabilizam ações efetivas de combate à dengue
CEARÁ: Mais entrega de Kits aos Agentes Comunitários de Saúde
Fortaleza concentra 48% dos casos de dengue com sinais de alerta registrados em 2020
MG: Concurso para Agente Comunitário de Saúde e de Combate às Endemias
Saúde pede colaboração dos moradores para receberem agentes de endemias 
Brasil atinge 1 milhão de curados; 64,1% dos pacientes venceram a doença
SINDACS-AL busca apoio para garantir reajuste de insalubridade dos ACS/ACE
Sindacs/PE retomou o atendimento jurídico aos ACS e ACE no Agreste Meridional 
Ministério da Saúde completa 50 dias sem titular
Agente de endemias e Diretor do Sindicato dos Médicos do RJ foram detidos
Deputado Distrital visita sede do SINDIVACS-DF para reunião com a Diretoria
Falsos Agentes de Saúde estão tentando aplicar golpes na população



 General Eduardo Pazuello. —  Foto/Reprodução/Maryanna Oliveira.

Ministério da Saúde adia o prazo para que o Agentes de Saúde cadastre a população.
Fonte: Prefeitura de Jitaúna, Neilton Brito. —   Publicado no  CN em 07.jul.2020. 

Agentes de Saúde |  Através da portaria 1.696 de 3 de julho de 2020, o Ministério da Saúde adia o prazo para o cadastramento dos usuários do SUS, promovido pelos Agentes Comunitários de Saúde de todo o Brasil.

O novo financiamento da Atenção Primária, implementado pelo governo vem com o objetivo de alterar a forma de repasse que antes era realizado pelo quantitativo total da população. Agora, com o novo modelo adotado pelo Ministério da Saúde, passa a ser pelo quantitativo de pessoas cadastradas no SUS - Sistema Único de Saúde.



O Ministério da Saúde havia estabelecido um prazo para o cadastramento, inicialmente até abril de 2020, contudo, diante da pandemia do novo coronavírus, o prazo foi ampliado para 30 de julho. E mais uma vez, em face do quadro envolvendo a Covid-19, o prazo foi novamente ampliado para  31 de Agosto.

Análise importante 

Mesmo com o Ministério da Saúde tendo  adiado o cadastramento de 100% da população, contudo, determinou que em agosto a cobertura do cadastramento deve ser de 70%. 
Compreende-se que possa haver novas mudanças, a depender da dinâmica que envolve a Pandemia da Covid-19. Não há como termos uma definição, algo absoluto. Não nesse momento.
Para acessar a Portaria n.º 1.696 de 3 de julho de 2020, clique AQUI!

VEJA TAMBÉM:
Agentes de combate às endemias viabilizam ações efetivas de combate à dengue
CEARÁ: Mais entrega de Kits aos Agentes Comunitários de Saúde
Fortaleza concentra 48% dos casos de dengue com sinais de alerta registrados em 2020
MG: Concurso para Agente Comunitário de Saúde e de Combate às Endemias
Saúde pede colaboração dos moradores para receberem agentes de endemias 
Brasil atinge 1 milhão de curados; 64,1% dos pacientes venceram a doença
SINDACS-AL busca apoio para garantir reajuste de insalubridade dos ACS/ACE
Sindacs/PE retomou o atendimento jurídico aos ACS e ACE no Agreste Meridional 
Ministério da Saúde completa 50 dias sem titular
Agente de endemias e Diretor do Sindicato dos Médicos do RJ foram detidos
Deputado Distrital visita sede do SINDIVACS-DF para reunião com a Diretoria
Falsos Agentes de Saúde estão tentando aplicar golpes na população

Postar um comentário

0 Comentários