Redes Sociais

Header Ads

Prefeito de Araguanã morre vítima de Covid-19

Prefeito Hernandes Neves Brito faleceu de covid-19 aos 54 anos—  Foto/Reprodução.

Prefeito de Araguanã morre vítima de Covid-19
Fonte: JM Notícia. —   Publicado no  CN em 14.jul.2020. 

Coronavírus   Ele estava internado desde o dia 10 junho no hospital Dom Orione em Araguaína.

Faleceu no sábado (11) o prefeito de Araguanã (TO) Hernandes Neves de Brito, que estava na UTI do hospital Dom Orione de Araguaína (TO). após ser diagnosticado com Covid-19.

Brito, 54 anos, foi internado em 10 de junho após passar mal, dois dias depois de apresentar os primeiros sintomas da doença.

Seu estado de saúde foi piorando, tanto que o  Executivo Municipal fez o pedido de licença do prefeito por um período indeterminado. Levando o presidente da Câmara Municipal, Cícero Cruz de Araújo (PSD), a assumir a prefeitura em 22 de junho. Cícero faleceu de infarto quatro dias depois.

Sem melhoras, Britto não resistiu ao avanço da doença.

A cidade de Araguanã está sob o comando da vereadora Irene Rodrigues (PSD).

VEJA TAMBÉM: 
MSF - Médicos Sem Fronteiras condena a morte de um agente comunitário de saúde
Exército realizam descontaminação de órgãos públicos em Caruaru (PE) 
Bahia: filha de prefeito de Maiquinique recebeu R$ 1.200 de auxílio emergencial
Encontrado morto, prefeito de Seul deixa bilhete com pedido de desculpas
Câmara de Itaguaí cassa mandatos do prefeito e do vice
Vacina produzida pela Fiocruz pode ser distribuída até dezembro deste ano
MBL usou plataforma do Google para lavar dinheiro
Planilha secreta da OAS revela que empreiteira bancou reforma na casa de Toffoli 
NOVAS CONQUISTAS:Agentes  de Saúde comemoram aumento e averbação
RO: Simero e Cremero apontam irregularidades no centro obstétrico do Hospital de Base 
Conheça o novo ministro da Educação, Milton Ribeiro
Ministério Público: Família fundadora do MBL deve R$ 400 milhões ao Fisco
MP prende ex-secretário de Saúde do Estado do Rio Edmar Santos
Confira o calendário para saque em dinheiro do auxílio emergencial
Governo Federal sanciona lei que prioriza teste para profissional essencial 

Postar um comentário

0 Comentários