Redes Sociais

Header Ads

Governo Federal sanciona lei que prioriza teste para profissional essencial

 A lei foi publicada ontem (9) no Diário Oficial da União. —  Foto/Reprodução/Shutterstock.

Governo Federal sanciona lei que prioriza teste para profissional essencial
Fonte:  Notícias ao Minuto. —   Publicado no  CN em 10.jul.2020. 

Coronavírus  | O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que garante a prioridade na realização de testes da covid-19 para profissionais essenciais ao controle de doenças e à manutenção da ordem pública, que estiverem em contato direto com portadores ou possíveis portadores do novo coronavírus. De acordo com a Lei nº 14.023/2020, publicada ontem (9) no Diário Oficial da União, esses trabalhadores deverão ser tempestivamente tratados e orientados sobre sua condição de saúde e o retorno ao trabalho.

Durante a pandemia, o poder público e os empregadores ou contratantes desses profissionais fornecerão, gratuitamente, os equipamentos de proteção individual (EPIs) recomendados pela Anvisa, de acordo com os protocolos indicados para cada situação. A lei abrange profissionais que trabalham ou sejam convocados a trabalhar nas unidades de saúde durante o período de isolamento social ou que tenham contato com pessoas ou com materiais que ofereçam risco de contaminação pelo novo coronavírus.

VEJA TAMBÉM:
Governo Federal sanciona lei que prioriza teste para profissional essencial 
OMS alerta para impacto da pandemia em mulheres, jovens e crianças
Lei Federal reconhece Agentes de Saúde como essenciais no combate da Covid-19 
40% sobre o salário: Câmara aprova insalubridade para profissionais da linha de frente
Ministério da Saúde: PORTARIA Nº 1.696, DE 3 DE JULHO DE 2020 
Ministério da Saúde adia o prazo para que o Agentes de Saúde cadastre a população 
Fortaleza concentra 48% dos casos de dengue com sinais de alerta registrados em 2020
MG: Concurso para Agente Comunitário de Saúde e de Combate às Endemias
Saúde pede colaboração dos moradores para receberem agentes de endemias 
Brasil atinge 1 milhão de curados; 64,1% dos pacientes venceram a doença

De acordo com o texto, são considerados profissionais essenciais aqueles que atuam nos sistemas de saúde, segurança e assistência social e outros, como cuidadores idosos, pessoas com deficiência ou com doenças raras; biólogos, biomédicos e técnicos em análises clínicas; coveiros e demais trabalhadores de serviços funerários e de autópsias; profissionais de limpeza e que atuem na cadeia de produção de alimentos e bebidas; aeroviários e controladores de voo.

Com informações da Agência Brasil.


Atenção! 
*Para nos informar casos de óbitos entre ACS/ACE, use esse formulário online, aqui!
*COVID-19: Monitoramento dos casos de infecção de ACS/ACE, acesse aqui!



Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 




Postar um comentário

0 Comentários