Header Ads


Grande Jornal inglês suspeita "que problemas cardíacos de grandes estrelas do esporte seja consequência de vacinação."

      Em todo a história do esporte mundial, nunca ninguém presenciou a grande quantidade de atletas passando mal durante a prática esportiva.     —  Foto/Reprodução.
 
Grande Jornal inglês suspeita "que problemas cardíacos de grandes estrelas do esporte seja consequência de vacinação." 
Publicado no Conexão Notícia em 22.Janeiro.2022. Atualizado em 16.maio.2022.   

Brasil | Em matéria publicada pelo Mail Online no dia 23 de dezembro de 2021, foi manifesto a preocupação da elite do futebol europeu e do mundo, considerando que o "surto de problemas cardíacos não se limita apenas as grandes estrelas do futebol mundial. 
-
-
Os problemas cardíacos de Christian Eriksen e Sergio Aguero em campo 'aumentaram a suspeita de vacinas contra Covid em jogadores da Premier League - com incentivo de Matt Le Tissier e Trevor Sinclair', dizem médicos do clube, com cerca de 100 estrelas ainda recusando a vacinação. Confira a matéria na íntegra, Por KIERAN LYNCH PARA MAILONLINE.

—  Um número crescente de jogadores sofreram problemas cardíacos em campo recentemente;
—  Christian Eriksen sofreu uma parada cardíaca enquanto jogava na Euro 2020;
—  Sergio Aguero foi recentemente forçado a se aposentar devido a um problema cardíaco;
—  Jogadores estão preocupados que problemas cardíacos possam ser consequência da vacina; 
—  Vários ex-jogadores questionaram se existe uma ligação entre as vacinas e os fatos. 

Os jogadores da Premier League estão preocupados que problemas cardíacos recentes em campo, sejam uma possível consequência relacionada com a vacinação contra a Covid-19.

      Sergio Agüero foi forçado a se aposentar do futebol na quarta-feira devido a um problema relacionado ao coração.     —  Foto/Reprodução.

recentemente houve vários incidentes  envolvendo jogadores de alto nível com problemas cardíacos em campo, incluindo, Christian Eriksen, que desmaiou devido a uma parada cardíaca no Campeonato Europeu e Sergio Aguero, que foi forçado a se aposentar após ser diagnosticado com arritmia cardíaca.
-
-
      Christian Eriksen teve uma parada cardíaca em junho, jogando pela Dinamarca contra a Finlândia.    —  Foto/Reprodução.

A preocupante onda de episódios relacionados ao coração no futebol levantou preocupações sobre as ligações com o Covid e o programa de vacinação para preveni-lo.

Os jogadores da Dinamarca cercaram Eriksen para que ele tivesse privacidade enquanto estava sendo tratado em campo.    —  Foto/Reprodução.

Conforme relatado pelo New York Times,  incidentes recentes 'alimentaram a suspeita' da vacina entre alguns jogadores de que há uma conexão. 
-
-
A equipe médica de alguns clubes acredita que a suspeita foi "encorajada" por um punhado de jogadores aposentados, incluindo Matth Le Tisser e Trevor Sinclair, que questionaram se os problemas foram uma possível consequência da vacinação.

Falando ao GB News, de acordo com o Express, a lenda do Southampton, Le Tissier, pediu uma investigação sobre se a vacina contribuiu para o aumento do número de jogadores de futebol que sofrem de problemas cardíacos. 

      Matt Le Tissier pediu uma investigação sobre a recente onda de problemas cardíacos no futebol.    —  Foto/Reprodução.

Ele disse: 'Foi muito preocupante para mim, que em todo esse tempo eu nunca vi nenhum jogador de futebol deixar o campo por causa de problemas cardíacos.

“Agora, desculpe, mas se alguém puder investigar para o que está acontecendo, agora no mundo do esporte e dizer que é normal, que todas essas pessoas tenham problemas cardíacos em partidas de futebol, partidas de críquete, partidas de basquete, qualquer esporte que você desejar.
-
-
'A quantidade de pessoas que estão sofrendo está passando dos limites. Eu peço uma investigação, porque pode ter a ver com a vacina.'

Enquanto isso, o ex-jogador do West Ham e da Inglaterra, Sinclair, twittou no mês passado: 


"Todo mundo com quem falo sobre esses problemas cardíacos sofridos por jogadores de futebol (que preocupantemente parecem estar acontecendo com mais regularidade) estão ligados a vacinas contra a covid ou não?"

O diretor da Inter de Milão, Giuseppe Marotta, no entanto, de acordo com a Reuters , disse que seu agora ex-jogador Eriksen ainda não havia tomado a vacina contra o Covid antes de seu colapso pela Dinamarca contra a Finlândia na Euro.  

No início desta semana, a Premier League confirmou que 84% dos jogadores estão 'na jornada da vacinação' - o que significa que eles receberam pelo menos uma dose da vacina. 

— 77% dos jogadores da Premier League receberam duas doses de vacinas contra o Covid e são classificados como totalmente vacinados.

— 16% dos jogadores da Premier League não são vacinados, mostraram novos números.
-
-
Os números da Premier League contrastam com a Bundesliga, onde seis por cento dos jogadores não são vacinados, e a Série A, onde dois por cento dos jogadores não são vacinados.


— Cerca de 77% dos jogadores receberam as duas doses da vacina Covid-19

Esse número indica que 16% das estrelas - cerca de 100 jogadores - ainda não receberam sua primeira dosagem. 

No total, 92% dos jogadores e funcionários receberam uma, duas ou três doses, mas esses números são insignificantes em comparação com os compartilhados pelas principais ligas da Europa. A Bundesliga da Alemanha revelou que 94% dos jogadores e funcionários estão vacinados, enquanto a taxa de vacinação da Série A da Itália é de 98%.
-
-
Houve uma série de outros incidentes preocupantes em toda a Europa envolvendo jogadores nesta temporada.  

      O zagueiro do Manchester United Victor Lindelof (segundo à direita) saiu contra o Norwich com problemas respiratórios e desde então treinou com um monitor cardíaco.     —  Foto/Reprodução.

Houve incidentes semelhantes neste mês (dezembro/2021) envolvendo o meio-campista do Napoli Piotr Zielinski e Martin Terrier, do Rennes, enquanto o jogador do Partizan Belgrado, Ricardo Gomes, desmaiou no treinamento.

Em novembro, o técnico do Wigan, Leam Richardson, teve que fazer uma reanimação cardiorrespiratória ao atacante Charlie Wyke, depois que ele teve uma parada cardíaca no treinamento e, poucos dias depois, John Fleck, do Sheffield United, saiu de um jogo carregado.

      Piotr Zielinski, do Napoli, pediu para sair depois de gesticular que estava com dificuldade para respirar.     —  Foto/Reprodução.

Adama Traore, do xerife Tiraspol, esteve no centro de outro susto durante um empate da Liga dos Campeões contra o Real Madrid e Emil Palsson. Tecnicamente morreu por quatro minutos durante um jogo da Segunda Divisão norueguesa, entre Sogndal e Stjordals-Blink em meio a cenas que lembram o colapso de Eriksen.
-
-
Também houve jogos da Premier League, que foram brevemente interrompidos devido a problemas cardíacos para os fãs nas arquibancadas.

Um torcedor do Watford sofreu uma parada cardíaca e necessitou de RCP no confronto com o Chelsea, enquanto os médicos também ajudaram a salvar a vida de um torcedor do Newcastle que desmaiou na partida contra o Tottenham.

      O atacante do Wigan, Charlie Wyke (à esquerda) disse que as ações rápidas de seu empresário, Leam Richardson (à direita), salvaram sua vida depois que ele sofreu uma parada cardíaca durante uma sessão de treinamento, no mês passado.     —  Foto/Reprodução.

      John Fleck (à direita) foi levado às pressas para o hospital durante o confronto do Sheffield United em Reading no mês passado.     —  Foto/Reprodução.

Fleck recebeu 10 minutos de tratamento médico urgente em campo antes de ir ao hospital.

O executivo-chefe da Associação de Futebolistas Profissionais (PFA), Maheta Molango, apoiou os 16% dos jogadores de futebol que não foram atingidos, apontando que eles tiveram que jogar sem vacinas contra a Covid no ano passado (2020).

"Temos que ter cuidado com avaliações simplistas de situações", disse Molango à BBC.
-
-
'(Os jogadores são) as mesmas pessoas que alguns meses atrás, quando eu estava em casa e a maioria das pessoas estavam também, disseram para sair e jogar, que não 'não se preocupasse, vocês não serão multados".'

Molango disse que alguns jogadores podem ter 'preocupações legítimas' ao decidir não tomar uma vacina contra o coronavírus, mas a PFA está tentando ajudá-los a fazer a 'escolha certa'.

Estamos tentando ajudar os jogadores a fazer a escolha certa com base na ciência”, acrescentou.

"Eles precisam ouvir os especialistas, mas, ao mesmo tempo, temos que reconhecer que certas pessoas podem ter preocupações legítimas."

Consulte mais informação:
Na Premier League, medo e falsidades preenchem lacuna de vacinação - The New York Times;

Problema cardíaco aumenta: ex-jogador de futebol exige investigação sobre doença misteriosa | Reino Unido | Notícias | Express.co.uk;

Por KIERAN LYNCH PARA MAILONLINE.
CN - Conexão Notícia.
O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Veja como doar aqui!
-
-
Medicina - ‘Não há evidências’ de que crianças saudáveis ​​precisam de doses de reforço, afirma principal cientista da OMS

      Soumya Swaminathan, cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde.     —  Foto/Reprodução/Fabrice Coffrini/POOL/AFP via Getty Images.
 
A cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Dra. Soumya Swaminathan afirmou que não há evidências atualmente disponíveis para apoiar a administração de doses de reforço da vacina contra a COVID-19 em crianças ou adolescentes saudáveis.

-
-
Covid-19: quase 9 mil brasileiros vacinados morreram em julho de 2021.

      Os números aparecem em um levantamento realizado pela Revista Oeste.    —  Foto/Reprodução/Tomaz Silva/Agência Brasil.
 
Das 38,3 mil mortes relacionadas à covid-19 registradas pelo Ministério da Saúde (MS) em julho no Brasil, 8,8 mil foram de pacientes que haviam recebido ao menos uma dose de imunizante para combater a doença. Ao todo, 4 mil pessoas que morreram já haviam recebido a segunda injeção.  Leia a matéria completa, aqui! 
-
-
Tecnologia do Blogger.