Header Ads

DENÚNCIA: Agente comunitária de saúde com sintomas de Covid-19 diz que categoria não passa por testes

Teste Covid-19.  —  Foto/Reprodução


DENÚNCIA: Agente comunitária de saúde com sintomas de Covid-19 diz que categoria não passa por testes
Fonte: G1 Minas, Thais Pimentel. —  Publicado no  CN em 27.maio.2020. 

Agentes de Saúde  -   O JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, ferramenta de informação a nível nacional, ligado às plataformas de Mídias Sociais da rede de voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde vem fazendo uma série de denúncias sobre as negligências praticadas contra os Agente comunitária de saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE).

Falta de EPI's
A negativa do fornecimento de Equipamento de Proteção Individual (EPI), também é algo que se repete a nível nacional. Quem cuida e leva a prevenção às comunidades, não tem garantido o direito aos recursos mínimos, que possa garantir a vida, diante da pandemia de Covid-19. Sem EPI de qualidade, não há como preservar a vida.

Grupo de Risco
Mesmo com a Justiça determinando o afastamento de agentes de saúde que fazem parte do grupo de risco, tal direito tem sido arbitrariamente negado. Caracterizando algo que vai muito além da negligência e que tem ocasionando a morte de muitos agentes comunitários e de combate às endemias.

A nível nacional as queixas dos Agente comunitária de saúde e Agentes de Combate às Endemias se repetem.  —  Foto/Reprodução

Matéria do G1 Minas Gerais, por Thais Pimentel.

Sindicato afirma que médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem são os que recebem o benefício. PBH diz que profissionais que atuam na assistência direta passam por testes.

“Sou agente comunitária de saúde. O elo entre a população e o centro de saúde. Fazemos os cadastros, entregamos consultas e exames nas casas dos pacientes. Um trabalho de porta em porta”, disse uma servidora da Prefeitura de Belo Horizonte. A mulher, que começou a apresentar sintomas da Covid-19, preferiu não se identificar.

Um parente que vive com ela teve febre na semana passada e reações parecidas com a da gripe. Por causa disso, a agente foi afastada do trabalho. Dias depois, ela começou a ter dor de garganta. Ao fazer uma consulta médica por telefone, lhe foi recomendado que fizesse o teste para Covid-19.



“Mas o que a gerência diz é que só médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem podem fazer. Tudo bem que na pandemia não podemos mais entrar na casa das pessoas, mas ainda trabalhamos nos centros de saúde e visitamos pacientes”, disse.
O Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Belo Horizonte (Sindibel) informou que tem recebido vários pedidos por parte de agentes de saúde para serem incluídos nos testes. Dentistas da prefeitura também estariam excluídos deste beneficio.

Veja também:
COVID-19: 12 casos de óbitos entre os agentes de saúde (ACS/ACE) 
Agente de saúde comunitário tem direito a adicional,diz Órgão Especial
Após adaptação, agentes de saúde ganham importância ainda maior na pandemia 
Justiça determina afastamento de agentes de saúde que fazem parte do grupo de risco  
O Agente de Saúde e a pandemia: e agora, qual é o meu papel?
Agentes comunitários de saúde do Pradoso recebem bicicletas
CORONAVÍRUS: A grave ameaça às atividades dos agentes de saúde (ACS/ACE)
Câmara aprova Benefício de R$ 50 mil aos Agentes de Saúde (ACS/ACE) 
Agente de saúde foi morto por causa de dívida de R$ 500 
Esquecidos: Agentes de Saúde são peças fundamentais no combate ao Coronavírus
COVARDIA: Agente de saúde é derrubada da moto, agredida e ameaçada 

“Como tem precisado de muita gente, o interesse da prefeitura é testar médicos e enfermeiros porque aí quando o resultado vem negativo, eles já podem voltar a trabalhar”, disse a agente de saúde. “Não estou nessa linha de frente, mas nosso trabalho também é arriscado”, completou.

O sindicato disse que tem conversado com a prefeitura para ampliar os testes a outros servidores. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que "implantou local específico para realização de coleta para diagnóstico da Covid-19 para os profissionais de saúde que trabalham no município de Belo Horizonte, atuando na assistência direta aos usuários”.

Entre os dias 21 de março e 22 de maio, 1.802 profissionais foram testados. Destes, 85 tiveram resultados positivos, 1.640 negativos e 77 permanecem em investigação.





Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.