Redes Sociais

Header Ads

“Globo, Folha e semelhantes decidiram não ir mais ao Alvorada para, em seguida, distorcer o que falo. Que pena!”

Presidente Jair Bolsonaro.  —  Foto/Reprodução


PF cumpre mandados em inquérito sobre fake news
Fonte: Gazeta Brasil. —  Publicado no  CN em 27.maio.2020. 

Governo  -   O presidente Jair Bolsonaro ironizou na noite de terça-feira (26) os veículos de imprensa que suspenderam a cobertura no Palácio do Planalto” por falta de segurança”. “Que pena”, escreveu o chefe do executivo no Twitter.

A decisão de retirar os jornalistas do espaço destinado à imprensa na frente do Alvorada, conhecido como “curralzinho”, foi iniciativa do Grupo Globo e foi seguida por UOL, Folha de S. Paulo, TV Band e Metrópolis.


Mais cedo, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) publicou uma nota nesta terça-feira (26) , uma nota na qual diz ter tomado providências para melhorar as condições de segurança para o trabalho da imprensa. A ação ocorre após  o Grupo Globo e o Jornal Folha de S. Paulo anunciarem nesta segunda-feira (25) que “por falta de segurança”, seus jornalistas não mais cobririam a Presidência da República no Palácio do Alvorada, em Brasília. 

Veja também:
Teich se irrita com jornalista da GloboNews: “desserviço pra sociedade” 
PF cumpre mandados em inquérito sobre fake news  
Doria pagou R$ 242 milhões antecipados por respiradores atrasados da China 
Médico recuperado do Covid-19 confirma uso de hidroxicloroquina  
+“Deus ouviu nossas orações”, diz pai de bebê curado de Covid-19 
Auxílio emergencial: partidos na Câmara articulam ampliar prazo e manter R$ 600
CORONAVÍRUS: A grave ameaça às atividades dos profissionais de saúde 
Profissionais da saúde incapacitados pela covid-19 podem vir a ser indenizados
No Brasil, quase 200 mil profissionais de saúde estão sob suspeita de contrair covid-19 
Abuso? Câmara aprova plano de saúde vitalício para ex-deputados em plena pandemia 
UOL: Enfermeira alega 'calor' e usa apenas lingerie por baixo de EPI em hospital 
  




Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Postar um comentário

0 Comentários