Redes Sociais

Header Ads

ALAGOAS: Agentes Comunitários de Saúde participam de capacitação com novos tablets

 A aquisição de mais de 500 tablets, que informatiza essas informações, passa a auxiliar no trabalho dos ACS. —  Foto/Reprodução.  

ALAGOAS: Agentes Comunitários de Saúde participam de capacitação com novos tablets 
Fonte: Associação dos Municípios Alagoanos —  Publicado no  CN em 25.jun.2020. 

Agentes de Saúde |  Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de Arapiraca participam de capacitação, com início na segunda-feira (22), no teatro do Planetário Municipal e Casa da Ciência, para o uso de tablets nas atividades do Programa Saúde da Família (PSF), novo instrumento de trabalho, adquirido pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, que vai permitir a obtenção de informações mais precisas da realidade dos usuários da Atenção Básica.

A aquisição de mais de 500 tablets, que informatiza essas informações, passa a auxiliar no trabalho dos ACS, durante as visitas domiciliares aos usuários da Rede de Atenção Primária, e aos profissionais de saúde, além de também contribuir com o monitoramento da saúde da população e, em tempos de pandemia, possibilitar avaliar e colocar em prática estratégias eficientes no combate ao coronavírus.

“A tecnologia adotada pelo Município visa contribuir com o importante trabalho dos agentes comunitários de saúde, dar agilidade e qualidade no atendimento à população. A partir dessa ferramenta, o compartilhamento online das informações entre os profissionais, as unidades de saúde e a secretaria municipal passa a ser mais segura e confiável”, destacou o prefeito Rogério Teófilo.

Capacitação

A capacitação inicia com grupos de trinta profissionais, a fim de evitar aglomeração, nesse período de pandemia. Por conta desse cronograma, o treinamento do total de 500 ACS deve ser concluído gradualmente, até os próximos 30 dias.

A partir dos tablets, o agente de saúde gerencia melhor a sua população, a partir do acesso fácil a toda sua base de dados, seus doentes crônicos, suas gestantes, por exemplo. E o sistema ainda irá ajudar, informando quais pacientes críticos precisa visitar naquela semana.

VEJA TAMBÉM:
Santa Catarina: Agentes Comunitários de Saúde recebem Kits de trabalho 
Ceará: Agentes Comunitários de Saúde recebem Kits 
Agente testa positivo para coronavírus e diz que colegas não foram examinados
SINDIVACS-DF se articula para garantir  a terceira parcela do reajuste dos ACS e AVAS
Paraná: Secretaria de Saúde promove ação de conscientização 
MG: Agentes comunitários de saúde e de endemias vão usar tablets no serviço
Coronavírus: paciente no Piauí testa positivo semanas após recuperação
Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra a gripe até 30 de junho
A situação dos agentes comunitários de saúde apresentada pela Frente Parlamentar
AL: Agentes de saúde não toleram “improvisos” da prefeitura e decidem voltar ao campo 
Apenas 62% da população capixaba é atendida por agentes comunitários de saúde
Dois dias acompanhando o trabalho dos Agentes de saúde na linha de frente  

“Essa ferramenta vem trazer facilidade e agilidade ao nosso trabalho. A troca das fichas com preenchimento manual pelos tablets, possibilita a melhor otimização do tempo, que podemos utilizar para o atendimento e orientações à população”, afirmou Luciane da Silva Souza, ACS do 1º Centro de Saúde.



Estratégias

Para o Secretário de Saúde, Glifson Magalhães, a partir da entrega dos tablets, o Município dá mais um importante passo, com informatização e modernização das equipes do PSF. Desde o ano passado, Arapiraca trabalha no fortalecimento dos prontuários eletrônicos, nas unidades de saúde. E com os tablets, o trabalho se qualifica e ainda soma às estratégias de combate ao coronavírus, como mais uma ferramenta de monitoramento”, completou.

A Prefeitura de Arapiraca segue inovando e avança na melhoria dos serviços de saúde para a população. Neste período de pandemia, desde o mês de março, a Gestão Municipal trabalha em diferentes frentes, para evitar a proliferação de Covid-19. Capacitações dos profissionais de Saúde, compra de Equipamentos Individuais de Segurança (EPIs), estruturação das Unidades Básicas de Saúde, serviços de sanitização na cidade, ações educativas e de fiscalização, ampliação da rede de assistência à população com síndromes gripais, com realização de testes rápidos e atendimento de saúde e monitoramento, através de diferentes plataformas.



Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Postar um comentário

0 Comentários