Redes Sociais

Header Ads

Toffoli volta a falar sobre “papel moderador” das Forças Armadas

Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). —  Foto/Reprodução.  


Toffoli volta a falar sobre “papel moderador” das Forças Armadas
Fonte:  Paraíba Master. —  Publicado no  CN em 21.jun.2020.   

STF | No início do mês, o ministro do STF já havia se manifestado sobre as Forças Armadas.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, falou mais uma vez no sábado (20) sobre o papel das Forças Armadas na democracia e assegurou que elas não podem atuar como “poder moderador” sobre os demais poderes da República.

Após citar o Artigo 142 da Constituição, que trata das atribuições das Forças Armadas, Toffoli disse que a Carta de 1988 “afirmou que quem é o guardião da Constituição é o Supremo Tribunal Federal. Não é mais possível Forças Armadas como poder moderador”.

VEJA TAMBÉM: 
Usar máscara em casa ajuda a brecar transmissão secundária de coronavírus, diz estudo
TCU pede a Saúde oitiva de responsáveis por contrato suspeito da gestão Mandetta
MS: Justiça bloqueia bens de ex-prefeito, acusado de improbidade administrativa
WhatsApp fica fora do ar em diversos países nesta sexta (19) 
Ex-ministro da Educação passará a receber mensalmente R$ 115 mil, livre de impostos
Médico Hélio Angotti assume secretaria no Ministério da Saúde 
Deputado bolsonarista chama ministro do STF de “canalha” após ter sigilo quebrado
Na mira da Polícia Federal: Secretarias de Saúde são alvos em Pernambuco  

“[Foi] o pacto possível que foi feito, e o Supremo é o guardião desse pacto, ninguém mais”, disse ele sobre a saída dos militares do poder após a ditadura e a criação da Constituição de 1988, que permite somente ao Supremo ser o último garantidor do novo equilíbrio de forças.

A declaração foi dada durante uma videoconferência com o tema O Papel do STF em Tempos de Crise, organizada pelo grupo Prerrogativas, de defesa das prerrogativas profissionais dos advogados. No início do mês, o ministro do STF já havia se manifestado sobre a função moderadora a parlamentares, afirmando que as Forças Armadas “servem ao povo brasileiro” e “não são instituições do governo”, mas sim, de Estado.

Deputado bolsonarista chama ministro do STF de “canalha” após ter sigilo bancário quebrado:


Confira o vídeo com o deputado federal Otoni de Paula.   





Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 





Postar um comentário

0 Comentários