Redes Sociais

Header Ads

Ben Carson: Ministro terá que pagar ‘multa’ por participar de estudos bíblicos na Casa Branca.

Ministro Ben Carson, mundialmente conhecido pelo filme "Mãos Talentosas." —  Foto/Reprodução Grace Tabernacle NYC.


Ben Carson: Ministro terá que pagar ‘multa’ por participar de estudos bíblicos na Casa Branca.
Fonte:  GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA FOX NEWS —  Publicado no CN - Conexão Notícia em 07.maio.2020.

O Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano dos EUA terá que pagar US$ 17.800 a grupos ateístas pela participação de Ben Carson em estudos bíblicos.

Depois de uma ação judicial, o Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano dos Estados Unidos (HUD), terá que pagar US$ 17.800 a grupos ateístas pela participação do secretário Ben Carson em estudos bíblicos na Casa Branca.

Dentro do acordo, o HUD terá que pagar 3.400 dólares a Freedom From Religion Foundation (FFRF) e 14.400 dólares a Citizens for Responsibility and Ethics in Washington (CREW).

O acordo foi anunciado pelos dois grupos na semana passada, pondo fim a uma disputa judicial de dois anos. O FFRF e CREW alegam terem sido impedidos de ter acesso a programação de Carson e sua participação no estudo bíblico, que contou com vários outros políticos antes do horário de trabalho.


O drama “Mãos talentosas – a história de Ben Carson” (Gifted Hands: The Ben Carson Story). Foto/Reprodução.

Em março, a FFRF criticou o pastor Ralph Drollinger, que lidera os estudos bíblicos na Casa Branca, classificando-o como um “pregador do ódio” por ter “culpado os gays” pela pandemia do coronavírus em seu blog. Mas Drollinger disse que suas palavras foram deturpadas pela grande mídia depois que as manchetes vincularam o artigo do pastor à homossexualidade.

Veja também:
Ministro terá que pagar ‘multa’ por participar de estudos bíblicos na Casa Branca 
Megaigrejas ajudam financeiramente congregações e evitam fechamentos
Netanyahu é autorizado a ser primeiro-ministro de Israel
Alemanha permite cultos presenciais nas igrejas, mas proíbe fiéis de cantarem
Médico ora com equipe em Belém: “Não vamos recuar diante de doença nenhuma”
A crise do coronavírus é um treinamento para o fim dos tempos, diz pastor
Nº de recuperados do coronavírus no Brasil é cerca de 6 vezes maior que o de mortes
“Igreja sairá da pandemia mais forte que antes”, afirma pastor da África
Prédio da Assembleia de Deus será transformado em hospital de campanha no Pará
Périssé: “Não tem o que fazer a não ser se entregar a Deus”
Pastor de 93 anos reunirá mais de 100.000 pessoas em oração por despertar espiritual
Filha de Billy Graham: “Tempo de se acertar com Deus”

O porta-voz do HUD, Matt Schuck, criticou os dois grupos por serem “nada mais que ativistas com uma agenda política”.

“Deveríamos estar vendo muito mais indignação da mídia sobre esses grupos ativistas que continuamente abusam das proteções legais, mas não vemos”, disse Schuck à Fox News.

Diante da ênfase da imprensa nas queixas dos ateus e grupos LGBT, a Casa Branca disse que os estudo da Bíblia nunca foram realizados dentro da Casa Branca. Um porta-voz do Capitol Ministries, responsável pelos encontros religiosos, disse à Fox News que o estudo bíblico sempre foi realizado em um local não revelado por razões de segurança.

Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 




Postar um comentário

0 Comentários