Redes Sociais

Header Ads

Novo golpe promete liberar saque do FGTS em troca de compartilhamento de mensagem

  Na página falsa criada para o golpe, são solicitados dados pessoais das vítimas. —  Foto/Reprodução.


Novo golpe promete liberar saque do FGTS em troca de compartilhamento de mensagem
Fonte: Ceará Agora —  Publicado no CN - Conexão Notícia em 11.maio.2020.   

Um novo golpe virtual promete a antecipação do saque de R$ 1.045 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em troca do compartilhamento da mensagem enganosa. A ação criminosa foi identificada pelo dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital da PSafe, a pedido do EXTRA. A verdade, no entanto, é que apesar de já haver uma uma medida provisória (MP) liberando este recurso aos trabalhos, para mitigar os efeitos sociais e econômicos da pandemia do coronavírus no país, os pagamentos só devem ocorrer em junho.

Na página falsa criada para o golpe, são solicitados dados pessoais das vítimas e em seguida o compartilhamento do link com seus contatos de WhatsApp, como uma suposta garantia para o recebimento do valor de R$1.045.

— Quando a vítima informa seus dados no link malicioso, fica vulnerável ao vazamento dessas informações pessoais, que podem ser usadas pelo cibercriminoso para realizar a assinatura de serviços online e até para abrir contas em bancos com os dados roubados. Outro problema é quando a vítima compartilha o link malicioso com seus contatos: ela torna-se um vetor de disseminação do golpe, o que garante aos cibercriminosos um crescimento acelerado dos ataques — explica Emilio Simoni, diretor do dfndr lab.

Veja também:
Agente Indígena de Saúde morre logo após ser diagnosticada com covid-19
Cofen vai à Justiça para preservar profissionais integrantes dos grupos de risco
Sem pedir permissão, centenas de igrejas da Califórnia planejam reabrir em 31 de maio
Itália inicia tratamento em massa com o uso precoce de hidroxicloroquina
Confira as histórias de pessoas lutam contra o desemprego em meio à pandemia 
Inglaterra substitui o slogan “fique em casa” por “fique alerta”
Partidos já vão atrás de Moro por 2022
Moraes mantém suspensão da nomeação de Ramagem para chefia da PF
Americanos são acusados de terrorismo na Venezuela por tentativa de invasão
STF e Congresso decretam luto oficial por vítimas do coronavírus no Brasil
+‘Milhões já sentem como é viver na Venezuela’, diz Bolsonaro
Agentes de endemias na linha de frente do COVID-19
Painel de Monitoramento de Infecção de ACS/ACE

O dinâmica deste golpe, segundo o laboratório de segurança digital, á havia sido observada anteriormente em outros ciberataques, como o que prometia o cadastro no programa de Auxílio Emergencial do Governo. No entanto, diferente do primeiro golpe identificado, este ainda redireciona a vítima para uma página que solicita permissão para o envio de notificações.

— E quando a vítima concede permissão para o envio das notificações, os criminosos podem utilizar dessa permissão para enviar propagandas, com as quais lucram, e até mesmo enviar novos golpes — alerta Simoni.

Três passos para se proteger

1 – Os aplicativos de conversa são os principais meios utilizados para disseminar golpes digitais. Utilize soluções de segurança no celular que disponibilizem proteção contra sites maliciosos.

2 – Evite fornecer seus dados pessoais sem antes saber se o site é oficial e confiável.

3 – Tenha cuidado ao clicar em links compartilhados no WhatsApp ou nas redes sociais. Antes de compartilhar informações, procure em veículos confiáveis e fontes oficiais, jornais e sites para confirmar se aquilo é realmente verdadeiro.


Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 






Postar um comentário

0 Comentários