Redes Sociais

Header Ads

Crise econômica bate na porta da OAB

 Antes da pandemia a OAB arrecadava quase R$ 1.5 bilhão por ano com anuidades e exame de ordem. —  Foto/Reprodução.  


Crise econômica bate na porta da OAB. 
Fonte: Blog Exame de Ordem, Maurício Gieseler. —  Publicado no  CN em 11.jun.2020.   

Brasil  — O Antagonista soltou há pouco uma nota sobre a crise na OAB - Ordem dos Advogados do Brasil/DF, que está planejando cortar 40% da folha de pagamento a partir de agosto.

Bateu a crise na OAB

Não existem dados oficiais publicados ainda, mas seguramente o pagamento das parcelas das anuidades em todo o Brasil deve ter caído significativamente. O que não seria uma surpresa, naturalmente. A advocacia, neste momento, deve estar segurando as contas assim como boa parte da sociedade.

Para evitar as demissões, o sindicato dos funcionários vem tentando usar a medida provisória que permite redução de jornada e suspensão do contrato de trabalho. Contudo, a Ordem tem alegado que é uma autarquia e não uma empresa. O MPT entrou nas negociações.

Aqui faço uma observação: o noticiário vem dando conta da flexibilização, ainda que parcial, da quarentena por quase todo o país.

VEJA TAMBÉM:
Falece advogada que recebeu carteira da OAB em hospital
Homem invade sede da Rede Globo, no Rio de Janeiro, e faz repórter refém
+“Antifascista” perde emprego ao ser visto em protestos violentos na paulista
Senador protocola pedido de impeachment contra Alexandre de Moraes
Google oferece 5 mil reais pra quem fica em home office 
Nova Zelândia tem abraços, compras e mãos dadas: desconfinamento
Moraes quer provas de ação no TSE em inquérito das fake news
PF: Deflagrada Operação Para Bellum que investiga compra de respiradores no Pará
Recife vai contratar empresa por R$ 2 milhões para auxílio na aplicação de multas
Bailes funk voltam com força total no Rio após ‘ajuda’ do STF

Muitos me perguntam se existe o risco da 2ª fase ser adiada novamente.

Sim, o risco existe. Mas temos que observar os sinais. 

O fato é: a OAB está apertando o cinto, e a grana das inscrições no Exame de Ordem não iriam fazer mal algum a entidade.

A volta às atividades é importante para todos, e a OAB não foge a essa regra.

Sim, a prova pode ser novamente adiada, mas as chances dela ser efetivamente aplicada são bem consideráveis.

Como parece ser óbvio, a vida não está fácil para ninguém.


Postar um comentário

0 Comentários