Header Ads


Agentes Comunitários de Saúde de promovem ação solidária de doação de alimentos

 Ação solidária dos Agentes Comunitários de Saúde beneficia famílias vulneráveis do municio.  —  Foto/Reprodução.

Agentes Comunitários de Saúde de promovem ação solidária de doação de alimentos
Publicado no Conexão Notícia em 04.abril.2021.  

Agentes de Saúde | Uma equipe de Agentes Comunitários de Saúde de Barrolândia promoveu uma ação de arrecadação e doação de alimentos não perecíveis para as famílias economicamente vulneráveis do município. A iniciativa do trabalho solidário partiu dos próprios profissionais que, comovidos com a situação de alguns moradores afetados pandemia do coronavírus, decidiram se unir em prol da comunidade carente.


O prefeito Adriano Ribeiro parabenizou o grupo e se colocou à disposição para apoiar a causa. “Esse espírito de solidariedade é importantíssimo no momento pelo qual estamos passando, pois traz alegria e esperança para o nosso povo”, destacou o gestor.


A mobilização acontece na praça central da avenida Bernardo Sayão. Cada pessoa tem direito a escolher três itens.


Segundo a equipe, aqueles que puderem contribuir com mantimentos para serem doados, poderão procurar a banquinha e dar o seu apoio para o fortalecimento da ação beneficente. “Se puder, doe. Se precisar, pegue” é o que diz um dos cartazes.




Salvador/BA: A humilhante situação imposta aos agentes de saúde, que recebem apenas R$ 877 de salário base.

 Várias entidades representativas dos Agentes de Saúde tentam garantir o acesso ao Piso Nacional (valor mínimo a ser pago à categoria). Ilustrativa.  —  Foto/Reprodução.

Quando o assunto é Piso Salarial Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, sem dúvida alguma, a abordagem tende a ser traumática, principalmente se associada a diversos municípios da Bahia. Tomando a capital baiana como referência do que ocorre com a categoria, nas mais diversas cidades do estado e até mesmo do país. 
A situação da categoria na capital é humilhante. Nem mesmo a condição de capital com todo o potencial econômico que a honrosa posição condiciona à cidade, foi suficiente para garantir que os recursos garantidos pelo FNS - Fundo Nacional de Saúde, chegasse até os seus destinatários .
Enquanto o valor mínimo a ser pago aos agentes é de 1.550 (hum mil quinhentos e cinquenta reais), em Salvador a categoria recebe quase a metade como salário base, ou seja, apenas R$ 877 (oitocentos e setenta e sete reais). Isso chega a ser humilhante! Leia a matéria sobre essa situação, aqui!

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram 

JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil 


Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.