Header Ads


VIDA CRISTÃ - Qual foi o pecado de Sodoma e Gomorra?

        Sodoma e Gomorra, duas cidades situadas junto ao Mar Morto, sofreram o castigo divino da sua destruição pelo fogo e pelo enxofre.     —  Foto/Reprodução.
 
VIDA CRISTÃ -  Qual foi o pecado de Sodoma e Gomorra?
Publicado no Conexão Notícia        

Grupo no WhatsApp Sodoma e Gomorra faziam parte de um conjunto de cinco cidades da planície da região do Mediterrâneo, que incluía, ainda, as cidades de Adama, Seboim e Bala, esta última chamada também Segor, situadas algures perto do Jordão. Segundo o Antigo Testamento (Génesis, 18-19), Sodoma e Gomorra, duas cidades situadas junto ao Mar Morto, sofreram o castigo divino da sua destruição pelo fogo e pelo enxofre, provavelmente durante um terramoto, pelo comportamento sexual perverso e aberrante dos seus habitantes. O nome das duas cidades ficou para sempre ligado ao pecado e ao mal.
-
-
Quando Deus deu conhecimento, a Abraão, dos seus planos de destruir Sodoma, o patriarca ficou preocupado com a vida das pessoas justas que viviam na cidade. Então, Deus disse-lhe que salvaria a cidade se Abraão nela encontrasse dez pessoas honestas, o que não aconteceu. Assim, Deus enviou dois anjos, para que destruíssem Sodoma e Gomorra, e estes encontraram, às portas da cidade, Ló, um homem justo e honesto. Este ofereceu-lhes dormida e comida em sua casa. 


Durante a noite, a casa foi cercada por homens perversos da cidade que queriam que Ló lhes entregasse os dois forasteiros albergados. Quando tentaram forçar a entrada, foram cegos pelos anjos. Estes revelaram a Ló a iminente destruição da cidade e disseram-lhe que saísse de Sodoma, levasse a mulher e as duas filhas e que nenhum deles olhasse para trás durante a fuga. A mulher de Ló não obedeceu e ficou transformada numa estátua de sal. No dia seguinte, Ló voltou, no dia seguinte, à cidade e viu que esta tinha sido reduzida a cinzas. O castigo divino tinha sido cumprido.

Qual foi o pecado de Sodoma e Gomorra?

O relato bíblico de Sodoma e Gomorra está registrado em Gênesis capítulos 18-19. Gênesis capítulo 18 registra o Senhor e dois anjos vindo falar com Abraão. O Senhor informou a Abraão que "o clamor de Sodoma e Gomorra tem-se multiplicado, e o seu pecado se tem agravado muito" (Gênesis 18:20). Os versículos 22-33 registram Abraão implorando ao Senhor que tivesse misericórdia de Sodoma e Gomorra porque o seu sobrinho, Ló, e sua família viviam em Sodoma.
-
-
Confira o vídeo com Aline, direto de Jerusalém:


Gênesis capítulo 19 registra os dois anjos, disfarçados de homens humanos, visitando Sodoma e Gomorra. Ló encontrou os anjos na praça da cidade e pediu-lhes que ficassem em sua casa. Os anjos concordaram. A Bíblia então nos informa: "Mas, antes que se deitassem, os homens daquela cidade cercaram a casa, os homens de Sodoma, tanto os moços como os velhos, sim, todo o povo de todos os lados; e chamaram por Ló e lhe disseram: Onde estão os homens que, à noitinha, entraram em tua casa? Traze-os fora a nós para que abusemos deles" (Gênesis 19:4–5). 

Os anjos então cegam todos os homens de Sodoma e Gomorra e insistem que Ló e sua família fujam das cidades para escapar da ira que Deus estava para derramar. Ló e sua família fugiram da cidade, e então "fez o SENHOR chover enxofre e fogo, da parte do SENHOR, sobre Sodoma e Gomorra. E subverteu aquelas cidades, e toda a campina, e todos os moradores das cidades, e o que nascia na terra" (Gênesis 19:24-25).

        Sodoma e Gomorra sofreram a destruição. A esposa de Ló, se tornou uma estátua de sal, por ter desobedecido a ordem dos anjos.    —  Foto/Reprodução.

Deus destruiu as duas cidades. Os homens de Sodoma e Gomorra queriam realizar estupro coletivo nos dois anjos (que estavam disfarçados de homens). Ao mesmo tempo, não é bíblico dizer que a homossexualidade foi a razão exclusiva pela qual Deus destruiu Sodoma e Gomorra. As cidades de Sodoma e Gomorra definitivamente não eram exclusivas em termos dos pecados em que participavam.

-
-
Ezequiel 16:49-50 declara: "Eis que esta foi a iniquidade de Sodoma, tua irmã: soberba, fartura de pão e próspera tranquilidade teve ela e suas filhas; mas nunca amparou o pobre e o necessitado. Foram arrogantes e fizeram abominações diante de mim..." A palavra hebraica traduzida "abominações" refere-se a algo que é moralmente repugnante e é exatamente a mesma palavra usada em Levítico 18:22 em referência à questões sexuais como uma "abominação". Semelhantemente, Judas 7 declara: "... como Sodoma, e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregado à prostituição como aqueles, seguindo após outra carne…" Então, novamente, enquanto as questões de natureza sexuais não era o único pecado ao qual as cidades de Sodoma e Gomorra se entregaram, esta parece ser a principal razão para a sua destruição.

Aqueles que tentam se livrar das condenações bíblicas de práticas sexuais abomináveis, afirmam que o pecado de Sodoma e Gomorra era a inospitalidade. Os homens de Sodoma e Gomorra estavam sendo certamente inospitaleiros. Provavelmente não há nada mais inóspito do que o estupro coletivo. No entanto, dizer que Deus destruiu completamente duas cidades e todos os seus habitantes por serem inospitaleiros claramente erra o alvo. Embora Sodoma e Gomorra tenham sido culpadas de muitos outros horrendos pecados, as questões envolvendo práticas sexuais abomináveis era a razão pela qual Deus derramara enxofre nas cidades, destruindo-as completamente e todos os seus habitantes. Até hoje, a área onde Sodoma e Gomorra eram localizadas continua sendo um terreno baldio desolado. Sodoma e Gomorra servem como um poderoso exemplo de como Deus se sente em relação ao pecado em geral.
-
-
CN - CONEXÃO NOTÍCIA
O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Veja como doar aqui!


       Dennis Quaid durante o Festival de Toronto.    —  Imagem: Gordon Correll / Flickr.
 
Ator diz que havia começado a escrever a música “On My Way To Heaven” anos atrás, mas só conseguiu concluir quando estava filmando “I Can Only Imagine” (“Eu só posso imaginar”, versão em português). Leia a matéria completa, aqui!

-
-
Sobrevivente do Holocausto falava sobre Jesus no campo de concentração

        Anita Dittman conheceu Jesus aos 7 anos e sobreviveu ao Holocausto.     —  Foto: CBN News.
 
A judia Anita Dittman conheceu Jesus aos 7 anos e foi levada aos campos de concentração. Lá, ela conheceu outros que seguiam Cristo. Leia a matéria completa, aqui!
-
-
Tecnologia do Blogger.