Header Ads


Músico de Marília Mendonça passa necessidade e fãs ajudam com vaquinha

      Luís conta que tocar com Marília Mendonça foi uma experiência única para ele.     —  Imagem/Reprodução/Arquivo pessoal.
 
Músico de Marília Mendonça passa necessidade e fãs ajudam com vaquinha
Publicado no Conexão Notícia em  13.maio.2022.   Atualizado em 16.maio.2022.      

Grupo no WhatsApp Vivendo de freelancer em Goiânia, Goiás, o músico Luís Vagner da Silva, de 45 anos, lembra com muito carinho o tempo que tocou para dois grandes nomes da música sertaneja: Cristiano Araújo e Marília Mendonça.
-
-
Hoje, o baixista passa por algumas dificuldades e, para conseguir pagar as contas de casa, precisou colocar a própria guitarra em uma rifa. O instrumento é o único meio de trabalho de Luís.

Por isso, para evitar que ele entregue a guitarra para outra pessoa e consiga se reerguer, lançamos uma vaquinha para ajudá-lo. Contribua no Só Vaquinha Boa!

“Trabalhar com a Marília foi uma experiência única na minha vida, vivi muitos momentos inesquecíveis, ela era muito generosa, sinto muita falta, gostaria muito que ela estivesse aqui. Mas Deus está no controle de tudo, e a vontade d’Ele é que prevalece”, desabafou em entrevista ao Só Notícia Boa.

Marília Mendonça: experiência única

E antes de trabalhar com a nossa “Rainha da Sofrência”, Luis fazia parte da banda de Cristiano Araújo. Infelizmente, em 2015, no auge da carreira, o cantor morreu em um acidente de carro em Goiás.
-
-
Sem emprego e sem perspectivas, naquele mesmo ano, após um mês da morte do sertanejo, ele e toda equipe foram contratados pela Marília, que estava iniciando.

O primeiro show como baixista ao lado daquela menina, que estava começando e tinha, ainda, poucas músicas conhecidas no Brasil, ocorreu em Itaituba (PA), no dia 8 de agosto de 2015.

      Luís tocou também com Cristiano Araújo - Foto: arquivo pessoal.

“Quando a gente entrou no palco para tocar e ela começou a cantar, com o povo cantando junto aquelas músicas que ela mesma escreveu, eu falei: ‘meu Deus’, essa menina vai ser um fenômeno’”, revela ele”. E foi mesmo.

Foram seis anos na equipe da rainha da sofrencia, até que ela morreu em um acidente aéreo em novembro de 2021.

Ajuda financeira

Luís já estava com algumas dívidas antes mesmo do falecimento de Marília Mendonça. Durante a pandemia, algumas contas foram se acumulando e ele não tinha como manter o pagamento de todas em dia.


Após o acidente da cantora, parte da banda foi contratada pela dupla  Dom Vittor e Gustavo, mas Luís explicou que infelizmente não deu certo.
-
-
E foi com a dificuldade de pagar o aluguel e outras contas, que Luís resolveu colocar a guitarra em uma rifa.

Sem o instrumento, ele infelizmente não terá como trabalhar por um bom tempo e, por isso, merece muito a nossa ajuda.

A vaquinha vai suprir alguns meses de aluguel e pagará as dívidas mais antigas do Luís, até que ele consiga se estabilizar um pouco mais.

Vamos nessa com a gente? Acesse o Só Vaquinha Boa neste link, escolha o valor da sua doação, a forma de pagamento e confirme!


Luís (à esquerda) com a banda e as cantoras, Marília Mendonça, Maiara e Maraísa – Foto: arquivo pessoal

Por Monique de Carvalho


CN - Conexão Notícia.
O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Veja como doar aqui!


-
-
 Major do Exército é preso por declarar apoio a Bolsonaro

       Major foi preso por elogiar Bolsonaro.    —  Imagem: Arquivo Pessoal/PR/Anderson Riedel. .
 
Defesa do major João Paulo Alves afirma que manifestações a favor do presidente irritaram o Comando Militar do Nordeste. Leia a matéria completa, aqui!

-
ISTOÉ - Fake: a ONU jamais inocentou Lula. Aliás, nem mesmo o STF.

      Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.     —  Foto/Reprodução.
 
Luiz Inácio Lula da Silva, o meliante de São Bernardo, pode ser tudo, menos inocente. Ao contrário. Foi condenado duas vezes, e em duas instâncias diferentes, por corrupção e lavagem de dinheiro, e teve ambas as condenações ratificadas pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) e a prisão autorizada pelo próprio STF (Supremo Tribunal Federal).

LEIA TAMBÉM:
-
-
Tecnologia do Blogger.