Header Ads


Mulher luta com crocodilo para salvar irmã gêmea de ataque

 Melissa à direita, ao lado da irmã gêmea, Georgia. —  Foto: Reprodução.

Mulher luta com crocodilo para salvar irmã gêmea de ataque
Publicado no Conexão Notícia em 10.junho.2021.  

Mundo | Georgia e Melissa Laurie nadavam na lagoa Manialtepec, conhecida por brilhar no escuro, quando o predador apareceu.

A viagem das irmãs gêmeas britânicas Georgia e Melissa Laurie a Puerto Escondido, no México, tomou rumos aterrorizantes após um ataque de crocodilo, neste domingo (8). Georgia, de 28 anos, precisou lutar contra o animal e golpear sua cabeça com socos para salvar a irmã das garras do réptil. Ao DailyMail, os pais das gêmeas detalharam o incidente, que deixou Melissa em estado grave.

Na noite do ataque, as irmãs visitavam à lagoa Manialtepec, que é conhecida mundialmente pela bioluminescência. Este fenômeno ocorre quando a presença de organismos vivos na água faz com com que ela ganhe brilhos azulados. O momento deveria ser mágico, mas Melissa acabou sendo arrastada por um crocodilo e desaparecendo nas águas.


– Elas estavam nadando depois de escurecer… quando Georgia ouviu Melissa chorar. Ela chamou por Melissa, mas ela não respondeu. Ela podia ouvir outros membros do grupo do passeio, mas não conseguia escutar nada da irmã – narrou o pai das vítimas, Sean Laurie.

 Lagoa Manialtepec conhecida mundialmente pela bioluminescência.  —  Foto: Reprodução.

A gêmea passou vários minutos de angústia tentando encontrar a irmã no escuro, e finalmente a achou flutuando de cabeça para baixo na água. Ela nadava com a irmã nos braços em direção ao barco quando o predador atacou novamente.

– Georgia teve de lutar contra ele. Ela ficou o socando na cabeça. Ela sofreu lacerações e machucados das mordidas também – relatou Sean.

Georgia seguiu golpeando o animal até que ele as soltasse. As duas foram levadas ao hospital na região, e Melissa se encontra em estado grave.

– Melissa está viva, mas nós não sabemos se suas lesões são potencialmente fatais ou não. Ela tem água nos pulmões e tem tossido sangue. Então, nós não sabemos se ela teve um pulmão perfurado ou não. Ela foi colocada em coma induzido – detalhou a mãe das vítimas, Sue Laurie.

Conforme informações do DailyMail, os turistas são avisados de que há crocodilos de até três metros nas águas da lagoa Manialtepec. Porém, os pais das gêmeas garantem que elas não foram avisadas sobre os répteis pela companhia de turismo.

– As meninas perguntaram especificamente se era seguro nadar e o guia disse que sim – declarou.

O Ministério das Relações Exteriores do México emitiu um comunicado dizendo que está fornecendo apoio à família e em contato com as autoridades locais.

Por Thamirys Andrade 




Conheça os efeitos colaterais das vacinas contra Covid-19 em uso no Brasil

 A reações após a vacinação incluem dor ou sensibilidade e inchaço no local da injeção, além de febre baixa e dor no corpo. —  Foto: Reprodução.

A aplicação das vacinas contra a Covid-19 no Brasil tem provocado dúvidas sobre seus possíveis efeitos colaterais. A reações mais comuns após a vacinação incluem dor ou sensibilidade e inchaço no local da injeção, além de febre baixa e dor no corpo, segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBim). Leia a matéria completa, aqui!

CN - Conexão Notícia 

Acompanhe as notícias do CN - Conexão Notícia no Facebook

Veja outras formas de doações, aqui!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.