Header Ads


Quase 100 políticos assassinados no México desde setembro

 46 políticos foram assassinados entre fevereiro e abril no México. —  Foto: Reprodução.

Quase 100 políticos assassinados no México desde setembro
Publicado no Conexão Notícia em 02.junho.2021.  

Brasil | A maioria das ameaças contra os candidatos políticos vêm do crime organizado.

Na iminência de eleições locais e legislativas, o México vive uma das campanhas mais sangrentas dos últimos tempos. 

46 políticos foram assassinados entre fevereiro e abril, um número 44% maior em comparação com o mesmo período nas eleições de 2018.

Desde setembro, quando este ciclo eleitoral teve início, 88 políticos foram mortos — a maioria baleados por armas de fogo.

As informações foram divulgadas pela consultoria Integralia e compartilhadas, no domingo (30), pelo jornal Gazeta do Povo.

De acordo com autoridades mexicanas, a maioria das ameaças contra os candidatos políticos do país são provenientes do crime organizado.

Em meio ao clima de insegurança, mais de 60 candidatos a prefeito já se retiraram da disputa em todo o país. 

Até agora, cerca de 150 candidatos receberam proteção da polícia após sofrer algum tipo de ameaça de morte desde o início da campanha.

Morte de cantor após duas doses da CoronaVac reacende suspeitas sobre eficácia de vacinas

 O cantor e compositor Agnaldo Timóteo,  morreu em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, após tomar duas doses da CoronaVac—  Foto: Reprodução.

Agnaldo Timógio não foi o único a morrer, após as duas doses da CoronaVac, inclusive, quem já havia passado pela chamada “janela imunológica” de duas semanas, indicada pelos especialistas. Leia a matéria completa!


Acompanhe as notícias do CN - Conexão Notícia no Facebook


Veja outras formas de doações, aqui!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.