Redes Sociais

Header Ads

Comandante do Exército mandou recado para o STF ao falar com Gilmar Mendes

 General Edson Leal Pujol durante passagem de comando do Exército —  Foto/Reprodução/Valter Campanato/Agência Brasil.  


Comandante do Exército mandou recado para o STF ao falar com Gilmar Mendes
Fonte:  O Verbo, Michael Caceres  —  Publicado no  CN em 22.jun.2020. 

Brasil Gilmar Mendes procurou Edson Pujol para tentar explicar posicionamentos da Corte.

Ao receber a visita do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o comandante do Exército deu recado para a Corte, o general Edson Pujol que o Supremo atropelou as competências do presidente da República, Jair Bolsonaro

A visita tinha como objetivo entregar a nova edição do livro do magistrado, Curso de Direito Constitucional, mas Mendes aproveitou para tentar desfazer o desgaste que o STF vem sofrendo com as decisões inconstitucionais que foram tomadas. O ministro tentou negar a existência de um complô em curso para derrubar Jair Bolsonaro.

Essa conspiração contra o presidente incluiria o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o ministro Alexandre de Moraes, responsável por decisões controversas que irritaram a cúpula militar do governo. Entre as decisões, o veto ao diretor-geral da Polícia Federal (PF), que causou reação do presidente da República.

VEJA TAMBÉM:
Comandante do Exército mandou recado para o STF ao falar com Gilmar Mendes
Governo Trump: estados que permitem protestos devem autorizar reabertura de igrejas
Ex-ministro da Educação passará a receber mensalmente R$ 115 mil, livre de impostos
300 DO BRASIL: Juiz arquiva denúncia contra Sara Winter
Malafaia dispara contra ‘golpe’ do STF e diz não ter medo de ser preso...
Após pressão, Amazon encerra venda de livro pedófilo
Sara Winter é denunciada pelos crimes de injúria e ameaça contra Alexandre de Moraes
Psicóloga acusa app de fazer apologia à ideologia de gênero 
+‘Apoiar Jair Bolsonaro é crime’, diz Sara Winter

O comandante do Exército sinalizou que decisões de Alexandre de Moraes e a usurpação do Poder Executivo no combate à pandemia por coronavírus desagradou os militares e o STF não tem boa avaliação entre o estado-maior, incluindo ex-militares que apontam desrespeito da instituição.

Segundo Veja, o ministro do Supremo tentou se explicar com Pujol, mas não convenceu e ouviu o desaprovo representando o pensamento das Forças Armadas sobre os abusos cometidos.





Médicos voluntários do Projeto Missão Covid atendem pessoas com suspeita da doença ou com dúvidas sobre o novo coronavírus. 







Postar um comentário

0 Comentários