Redes Sociais

Header Ads

Prefeitura alerta sobre golpe com falsos servidores de saúde em Manaus

  CNJ e AMB lançam amanhã campanha de incentivo a essa prática. —  Foto/Reprodução/Semsa.  


Prefeitura alerta sobre golpe com falsos servidores de saúde em Manaus
Fonte:   Rádio Band News. —  Publicado no  CN em 09.jun.2020.   


Mundo — A Prefeitura de Manaus faz um alerta à população para que não receba pessoas que estão se passando por servidores de saúde do município.

Os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que atuam em visitas domiciliares, usam coletes e crachá funcional que possibilitam a fácil identificação.

Da redação com informações da assessoria.

VEJA TAMBÉM:
Prefeitura alerta sobre golpe com falsos servidores de saúde em Manaus
Vítimas de violência doméstica poderão fazer denúncia em farmácias 
OMS esclarece que assintomáticos podem transmitir covid-19
OMS: transmissão de covid-19 a partir de assintomáticos é “muito rara” 
Bahia tem mais de 800 novos casos e passa de 28,2 mil infectados pela Covid-19
Senado pode votar nesta semana lei da mordaça
Cozinheira volta a atacar 'grosserias' de Bonner e diz que ele tinha ciúme de amigos
Brasil negocia para ser um dos produtores da vacina contra o coronavírus 
Igrejas já vão reabrir no Distrito Federal, após meses fechadas na pandemia
Deputado federal Paulinho da Força perde mandato após condenação à prisão 
Ministro Fachin determina suspensão de operações policiais em comunidades do RJ 


Vítimas de violência doméstica poderão fazer denúncia em farmácias

  CNJ e AMB lançam amanhã campanha de incentivo a essa prática. —  Foto/Reprodução.  

Brasil — Uma campanha promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) pretende incentivar as vítimas de violência doméstica a denunciarem agressões nas farmácias.

Pela campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica, que será lançada amanhã (10), basta mostrar um X vermelho na palma da mão para que o atendente ou o farmacêutico entenda tratar-se de uma denúncia e em seguida acione a polícia e encaminhe o acolhimento da vítima.  

A ação é voltada para as mulheres que têm dificuldade para prestar queixa de abusos, seja por vergonha ou por medo. “A vítima, muitas vezes, não consegue denunciar as agressões porque está sob constante vigilância. Por isso, é preciso agir com urgência”, disse a presidente da AMB, Renata Gil, de acordo com o material da campanha. Veja a matéria possível



Postar um comentário

0 Comentários