Header Ads


Agente comunitária de saúde e segurança de UPA perdem batalha contra o vírus.

  Adriane Aparecida Ribeiro Gonçalves, A agente de saúde, de 41 anos e José Pires dos Santos, de 64 anos não resistiram—  Foto/Reprodução.

Agente comunitária de saúde e segurança de UPA perdem batalha contra o vírus.
Publicado no Conexão Notícia em 21.mar.2021.  

Agentes de Saúde | A agente comunitária de saúde ficou 30 dias internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e chegou a ser intubada, mas foi vencida pelo vírus e faleceu no sábado.

Dois servidores municipais de Cascavel que atuavam na saúde foram vítimas da covid-19 no sábado (20). A informação foi confirmada pelo secretário de Saúde, Miroslau Bailak.

De acordo com a Prefeitura de Cascavel, a agente comunitária de saúde, Adriane Aparecida Ribeiro Gonçalves, de 41 anos, que atuava na Unidade Saúde da Família (USF) do bairro Cascavel Velho ficou 30 dias internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e chegou a ser intubada, mas foi vencida pelo vírus e faleceu neste sábado.


Também ontem (20), o guarda patrimonial José Pires dos Santos, de 64 anos, morreu em decorrência da covid-19. Ele estava lotado na Guarda Patrimonial e, durante 30 anos, se dedicou ao trabalho de segurança, principalmente na saúde,  nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), e era muito simpático e amigo de todos.

Desde o dia 1º de março, José Pires estava aposentado. Ao se aposentar, ele gravou um vídeo agradecendo a todos os colegas de trabalho, aos supervisores e falou sobre a alegria de ter prestado serviços ao Município de Cascavel durante três décadas. “A todos vocês um grande abraço, hoje com muito orgulho, muita honra, encerro minha carreira”, disse ele no vídeo.


Pesquisa Nacional: Confira quais os estados que se destacam na participação.

 Pesquisa nacional faz mapeamento da situação precária dos Agentes Comunitários e de combate às endemias. —  Foto/Reprodução/Conexão Notícia.

A Pesquisa Nacional que está sendo realizada para mapear a situação dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias em todos os estados brasileiros, já tem destaque nacional, quanto a participação.

Mapeamento nacional 
O mapeamento nacional da situação da categoria é algo inédito, realizado pela primeira vez pelo JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil, sob a coordenação da CNF - Comissão nacional da Federalização dos ACS/ACE. Movimento que nasceu nas bases dos agentes, formado pelos excluídos, aqueles que há 15 anos após a EC 51 e Lei Federal nº 11.350/2006, não conseguiram garantir os seus direitos fundamentais, entre os quais a estabilidade em seus cargos, Piso Nacional (em vários municípios ACS/ACE recebem menos de um salário mínimo como salário base), insalubridade, PMAQ/PQA-VS, Plano de Cargos e Carreira, Incentivo Financeiro Adicional (repassado pelo FNS - Fundo Nacional de Saúde todo final de ano) e outras gratificações. Confira a matéria completa!

Acompanhe as notícias do JASB no WhatsApp ou Telegram 

JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil com informações de Daniela Borsuk, Prefeitura de Cascavel.


Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.