BRASÍLIA: FENASCE realiza agenda que trata do Curso Técnico para ACS/ACE e Vacinação - Conexão Notícia

Header Ads


BRASÍLIA: FENASCE realiza agenda que trata do Curso Técnico para ACS/ACE e Vacinação

 FENASCE: Articulação em Brasília-DF busca defender pautas dos Agentes de Saúde (ACS/ACE)—  Foto/Reprodução.

BRASÍLIA: FENASCE  realiza agenda que trata do Curso Técnico para ACS/ACE e Vacinação
Publicado no Conexão Notícia em 06.mar.2021.  

Agentes de Saúde | Nos dias 22 a 24 de fevereiro os diretores da FENASCE - Federação Nacional de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, o SINDACS-PE e o ACS e Vereador do município de Surubim, Neto da Saúde, estiveram em várias atividades em Brasília-DF.

Os representantes do FENASCE e SINDACS-PE se reunirão com o Presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde – CONASS Jurandir Frutuoso e o Presidente do Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde – CONASEMS, Wilames Freire. Em pauta: Curso técnico e Vacina contra o COVID 19.


Os Presidentes do CONASS e CONASEMS esclareceram muitas dúvidas dos representantes da categoria, informando-os sobre detalhes do curso, estrutura, aplicação e início. Também se comprometeram em intervir junto aos 5.570 gestores municipais de saúde para que haja adesão do curso em todo o Brasil.

 Registro do momento em pauta—  Foto/Reprodução.

Sobre a vacina contra o COVID 19, os presidentes pediram a compreensão dos trabalhadores quanto a aquisição das vacinas nos municípios. A vacina está garantida para os profissionais de saúde da Atenção Básica, porém alguns municípios apresentam dificuldades na oferta da vacina aos profissionais de saúde ACS e ACE, pois na maioria deles a dificuldade se dá pelos entraves burocráticos logísticos a nível de Ministério da Saúde.


Durante as atividades, se reuniram no Ministério da Saúde, especificamente no Departamento de Saúde da Família com a diretora Renata Maria de Oliveira e a Secretária substituta Daniela de Carvalho Ribeiro, onde trataram de vários assuntos pertinentes a categoria como: Previne Brasil; Inconsistência do sistema de cadastros SUS; Padronização Nacional do sistema e EPI.

Inicialmente, foi discutido o EPI disponibilizado para os trabalhadores ACS e ACE no enfrentamento da pandemia, que estão sendo insuficiente e de qualidade contestável. Os dirigentes levaram ao conhecimento do Ministério da Saúde as precariedades que a categoria tem enfrentado em suas bases e reivindicaram melhorias de condições de trabalho e a garantia da segurança dos Agentes no exercício de suas funções.

Após o debate alongado, com a consideração dos outros pontos de pauta, a reunião terminou com um encaminhamento muito importante para categoria que deverá ser o tema principal do próximo encontro que é a” Desprecarização de vínculo”, infelizmente ainda há muitos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias nessa condição conforme a rede de voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde vem denunciando em suas redes sociais e demais mídias.

SINDACS/PE 

Publicada na rede de voluntários da MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde


Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.