Agente de combate às endemias é encontrado morto dentro de casa, caso é investigado como homicídio - Conexão Notícia

Header Ads


Agente de combate às endemias é encontrado morto dentro de casa, caso é investigado como homicídio

 Otacílio Dantas Ferreira, 45 anos, foi encontrado morto dentro da própria casa, em Ceilândia, no DF.  —  Foto/Reprodução.

Agente de combate às endemias é encontrado morto dentro de casa, caso é investigado como homicídio
Publicado no Conexão Notícia em 27.fev.2021.  

Agentes de Saúde | O crime ocorreu na sexta-feira (26), em Ceilândia. Otacílio Dantas Ferreira, 45 anos, era presidente da AVA - Associação dos Vigilantes Ambientais (denominação dos Agente de combate às endemias no DF).

O agente de vigilância ambiental foi encontrado morto, na sexta-feira (26), dentro da própria casa, em Ceilândia, no Distrito Federal. A morte de Otacílio Dantas Ferreira, 45 anos, que prestava serviço à Secretaria de Saúde, é investigada como homicídio.

De acordo com a Polícia Civil, militares do Corpo de Bombeiros compareceram à residência da vítima e confirmaram o óbito. Em seguida, policiais militares preservaram o local, que foi periciado pelos investigadores.

O caso foi registrado na 23ª Delegacia de Polícia, no P sul, em Ceilândia, mas os agentes não deram detalhes sobre o caso. Entretanto, informaram que homicídio é a principal linha de investigação.

Fachada da 23ª Delegacia de Polícia, em Ceilândia, no Distrito Federal, em imagem de arquivo — Foto/Reprodução

Otacílio era presidente da Associação dos Vigilantes Ambientais (AVA) e era lotado no Núcleo Regional de Vigilância Ambiental de Ceilândia. No Portal da Transparência do Distrito Federal, ele aparece como "servidor estatutário" – que trabalha no regime da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) – da Secretaria de Saúde.

O deputado distrital Jorge Vianna (PSD), no próprio site, lamentou a morte de Otacílio.

Expresso meus sinceros sentimentos a todos familiares e amigos Otacílio Dantas, por essa enorme perda, disse o parlamentar.

Homicídios no DF
Em janeiro deste ano, a quantidade de homicídios cresceu 34% no Distrito Federal, segundo levantamento da Secretaria de Segurança Pública (SSP). No primeiro mês de 2021, foram 39 crimes dessa natureza, enquanto em 2020, foram 29 registros.

Por Walder Galvão, G1 DF

Publicado ao JASB - Jornal dos Agentes de Saúde do Brasil.

Veja outras formas de doações, aqui!

Conteúdo relacionado:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.