Header Ads


Atos antissemitas nos EUA aumentaram 80% em um mês, relata grupo de segurança judeu

    Não só os judeus, mas todo aquele que seguir a Cristo e defender a Bíblia como sendo a palavra do Criador, será perseguido e odiado.  —  Foto/Reprodução.

Atos antissemitas nos EUA aumentaram 80% em um mês, relata grupo de segurança judeu
Publicado no Conexão Notícia em 30.maio.2021.  

UNIVERSO CRISTÃO Foram registrados atos de vandalismo, profanações de sinagogas, pessoas tendo garrafas jogadas nelas e parques infantis sendo pintados com suásticas.

A organização que assessora as comunidades judaicas dos EUA, em questões de segurança, alerta que houve um aumento de 80% nos atos antissemitas, em meio ao conflito entre Israel e Hamas, que durou 11 dias.

Uma das causas, de acordo com a Secure Community Network (SCN), foi a desinformação disseminada nas redes sociais durante a troca de foguetes.

Estamos vendo um claro aumento nos apelos à violência contra a comunidade judaica e o número de ataques realmente aumentou. Muitas das pessoas que estão espalhando desinformação podem estar ligadas às tropas antissemitas”, apontou Michael Masters que é CEO da SCN.

Incidentes antissemitas

Masters enumerou alguns dos incidentes antissemitas: “Atos de vandalismo de Oregon a Virgínia, profanações de sinagogas de Illinois a Arizona, relatos de pessoas tendo garrafas jogadas nelas, parques infantis sendo pintados com suásticas em Nova York e Tennessee”.


Ele disse que houve uma intensificação proporcional do antissemitismo nas redes sociais durante as hostilidades entre Israel e o Hamas, que terminaram com um cessar-fogo na sexta-feira.

Uma característica dos ataques era vincular judeus e Israel à pandemia do coronavírus, em alguns casos culpando os judeus pelo vírus, em outros comparando Israel ao vírus.

Uma hashtag que deve ter vindo do Irã: #COVID1948, usava a fundação de Israel para identificar Israel como um vírus mortal”, disse Masters. 

O Network Contagion Research Institute (Rede Instituto de Pesquisa de Contágio), que rastreia a desinformação nas redes sociais, verificou um aumento repentino e massivo no uso dessa hashtag, em 12 de maio, o terceiro dia da guerra. 

Além disso, foram rastreados picos no uso de frases como "Hitler estava certo" e "Matem todos os judeus".

Além do Irã, Masters não quis citar nenhum país específico, mas as agências de inteligência dos EUA disseram que o governo russo e também pessoas não ligadas ao governo venderam teorias da conspiração como meio de desestabilizar os Estados Unidos. 

O que a Bíblia diz sobre isso?

Qual seria a verdadeira razão pela qual os judeus sempre enfrentaram ódio e discriminação? Vale lembrar das palavras do apóstolo Paulo:

Pois eu até desejaria ser amaldiçoado e separado de Cristo por amor de meus irmãos, os de minha raça, o povo de Israel. Deles é a adoção de filhos; deles é a glória divina, as alianças, a concessão da lei, a adoração no templo e as promessas.

Deles são os patriarcas, e a partir deles se traça a linhagem humana de Cristo, que é Deus acima de tudo, bendito para sempre! Amém.” (Romanos 9.3-5)

Além disso, existe uma separação nítida entre Deus e o mundo, conforme a Bíblia aponta:

“Vocês não sabem que a amizade com o mundo é inimizade com Deus? Quem quer ser amigo do mundo faz-se inimigo de Deus.” (Tiago 4.4).

LEIA TAMBÉM:

Sendo Israel considerado o povo de Deus, o seu “tesouro pessoal”, conforme cita Deuteronômio 14.2, a verdade é que o mundo sempre vai odiar os judeus. A Bíblia mostra que eles foram o veículo para trazer a Palavra através da lei e a referência moral através da cultura do Reino de Deus.

Além disso, conforme as Escrituras, não só os judeus, mas todo aquele que seguir a Cristo e defender a Bíblia como sendo a palavra do Criador, será perseguido e odiado.

"Então eles os entregarão para serem perseguidos e condenados à morte, e vocês serão odiados por todas as nações por minha causa.” (Mateus 24.9)

Mas essa profecia não deve ser vista como uma ameaça. “Será para vocês uma oportunidade de dar testemunho. Mas convençam-se de uma vez de que não devem preocupar-se com o que dirão para se defender. Pois eu lhes darei palavras e sabedoria a que nenhum dos seus adversários será capaz de resistir ou contradizer.” (Lucas 21.13-15)

Foto: Chaverim Congregation via JTA 
Guiame / Com informações The Times Of Israel /

Acompanhe as notícias do CN - Conexão Notícia no Facebook

Veja outras formas de doações, aqui!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.