Header Ads


A Mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo. Juízes 4.4

    Débora, serva do Deus vivo.  —  Foto/Reprodução.

A Mulher de Lapidote que julgava a IsraelJuízes 4.4
Publicado no Conexão Notícia em 07.junho.2021.  

UNIVERSO CRISTÃO E Débora, mulher profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo. Juízes 4.4.

Deus sabe escolher a pessoa certa para tarefas especiais, por isso fez Débora, cujo significado em hebraico é Abelha, destacar-se como profetisa e juíza (...). Por certo, ela trilhou a caminhada da fé até se aproximar do Altíssimo, a ponto de se tornar juíza sobre o povo escolhido. Da mesma forma, hoje, há pessoas trilhando a vereda da justiça. 

A Abelha do Senhor era destemida, como deve ser aquele que recebe uma missão. Dizer que não tem jeito, ou não serve para cumprir tal obra, é chamar o Altíssimo de mentiroso. Deus tem o poder de nos tornar bem-sucedidos. Ao nos escolher para realizar algo em favor da Sua casa, Ele sabe a razão. Como sempre, o diabo tentará desviar a nossa atenção para as suas mentiras, e dar lugar a ele nos foi proibido (Ef 4.27).

O nome Lapidote, o marido da Abelha, traduz-se por tochas. Para uma abelha firme na fé no Senhor, uma tocha ao seu lado a faria bem-aventurada para executar sua chamada. Pelo que lemos, ela não se deixou levar pela tentação de se considerar sem condições para tal empreitada. Com firmeza, ela deu aos israelitas que a procuravam a direção de Deus segundo a Sua Palavra. Ele nos assiste em toda a nossa obediência aos Céus!

Como tudo o que vem do Senhor, Débora deve ter tido um humilde começo e, talvez, sentido a resistência de muitos que não aceitavam ver uma mulher dirigindo a nação. No entanto, como agir, já que não havia homens que pudessem assumir o lugar de líder? Deus, então, encontrou em uma mulher o que procurava: fé e respeito pelas Escrituras. Naqueles dias, Jabim dava as ordens em Israel, mas a Abelha foi inabalável em suas atitudes, por isso foi levantada pelo Senhor diante dos olhares do povo.

Não importa o quanto você tem sofrido na vida, quantas injustiças lhe fizeram ou disseram a seu respeito. Tendo a unção do Altíssimo, Ele irá usá-lo. Os convocados por Deus precisam se apresentar a Ele sempre aprovados, conforme declara o apóstolo Paulo: Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade (2 Tm 2.15). Deus honra aqueles que O honram (1 Sm 2.30)! 

A pessoa que cumpre a missão recebida do Senhor, obedecendo à Bíblia, será alvo do Seu amor. Quem O ama será amado também nos diversos problemas que enfrentar. Os separados para o ministério serão cuidados de modo especial, pois deixaram tudo para seguir as determinações do Pai. Por Seu turno, Ele fará o necessário para guardá-los dos planos infernais. Respeitar os ungidos do Senhor traz bênçãos incontáveis (2 Cr 20.20b).

Era um tempo de humilhação, mas Débora não se atemorizou e julgou Israel. No dia a dia, ao receber as direções do Senhor, ela sabia que se consagrar a Ele era mais importante e dar às Escrituras o devido lugar em sua vida O faria equipá-la para maiores obras. Por fim, ao chamar Baraque, não temeu e insistiu para que ele cumprisse a ordem recebida. Ninguém tiraria do seu coração a certeza de que o Senhor faria a obra de que Israel precisava.

R. R. Soares

Acompanhe as notícias do CN - Conexão Notícia no Facebook

Veja outras formas de doações, aqui!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.