Header Ads


Câmara aprova urgência em projeto que proíbe alteração na Bíblia.

        O  deputado Pastor Isidório considera que alterações no texto da Bíblia são "flagrantemente uma intolerância religiosa."      —  Imagem/Reprodução.
 
Câmara aprova urgência em projeto que proíbe alteração na Bíblia
Publicado no Conexão Notícia em  14.maio.2022.    

Grupo no WhatsApp Votação teve placar de 358 votos a 32, com apoio de governistas e oposição. Com requerimento, proposta assinada por deputado Pastor Sargento Isidório não precisa passar por comissões.
-
-
A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (4), numa votação de 358 votos a 32, o requerimento de urgência para o projeto de Lei 4606/19, de autoria do deputado Pastor Sargento Isidório (Avante-BA), que proíbe qualquer alteração, edição, supressão, adição ou adaptação da Bíblia cristã.


O amplo apoio ao requerimento de urgência contou com votos de parlamentares da base governista e da oposição. Com isso, a tramitação do texto pode ser acelerada, sem a necessidade de análise pelas comissões temáticas. Parlamentares falaram reservadamente ao portal G1 que a urgência foi aceita para atender a um acordo que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), firmou com o Avante, mas que não há compromisso de apoio na votação do projeto em si.

        Deputado Pastor Sargento Isidório, autor do Projeto de Lei.     —  Imagem/Reprodução.

Segundo o deputado Pastor Isidório, alterações no texto da Bíblia são "flagrantemente uma intolerância religiosa" e "grande ofensa para a maioria dos brasileiros, independente da sua religião". 
-
-
Outro objetivo dele com o projeto é assegurar a pregação do conteúdo da Bíblia em todo o território nacional. O texto, porém, não deixa claro como isso se daria. O projeto de lei tem apenas um artigo, não define qual versão da Bíblia seria usada como referência e não estipula qual seria a punição para quem descumprir a regra.


Apenas quatro partidos se manifestaram contra a urgência – PSOL, Novo, PV e Rede. O deputado Gilson Marques (Novo-SC) destacou a dificuldade de implementar a lei. "O texto é internacional, tem em vários países, várias línguas. O texto, diversas vezes, já foi alterado, em diversas línguas, em diversas versões. É o Parlamento que vai decidir qual é o texto correto?", disse.

Com informações de Nexo e Agência Câmara de Notícias.

CN - CONEXÃO NOTÍCIA
O jornalismo do Conexão Notícia precisa de você para continuar marcando ponto na vida das pessoas. Faça doação para o site. Sua colaboração é fundamental para seguirmos combatendo o bom combate com a independência que você conhece. A partir de qualquer valor, você pode fazer a diferença. Veja como doar aqui!

-
-
Mulheres e meninas cristãs na Argélia são mais vulneráveis à perseguição do que os homens

      Líder revela a diferença de hostilidade às cristãs casadas e solteiras.    —  Foto: Reprodução.
 
Liderar uma igreja no norte da África é uma tarefa árdua, assim como em qualquer outro lugar do mundo. Porém, há um desafio maior em discipular cristãos de origem islâmica. Além de serem perseguidos pelas famílias, comunidade e autoridades, os recém-convertidos têm...

-
-
Soldado russo é preso após estuprar bebê e divulgar vídeo

        Alexei Bychkov foi preso.     —  Foto/Reprodução/Redes Sociais.
 
Alexei Bychkov enviou a gravação a um colega, que espalhou nas redes sociais.

O soldado russo Alexei Bychkov, de 24 anos, foi preso neste sábado (9) por estuprar um bebê e compartilhar imagens do ato. O militar enviou a gravação para um colega, que compartilhou o vídeo com outras pessoas. As informações são do jornal britânico The Sun.
-
-
Tecnologia do Blogger.